sáb 20/julho/2024 21:42
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura

Portugal cuida para mim

escritoras-cachoeirenses2-07-01-23
Escritoras Cachoeirenses

Hoje, escrevi para você e recordei nossa infância,
adolescência e vida adulta.

Recordei as vezes que menti para meus pais para te
encontrar, as vezes que tomamos vinho escondido
dos meus e dos seus pais.

Recordei as manhãs em que você batia na minha
porta de madrugada, as 5:30h para ver se eu estava
bem, pois tivera um pesadelo comigo.

Lembro a cara da minha mãe, menina louca, isso é
hora de bater na porta dos outros?

O início da vida adulta, casamentos, filhos e, não
importava a distância, você estava sempre presente
de alguma forma.

As cartas ainda guardadas que demonstram essa
presença e carinho.

A vida adulta cobrou e já não podemos estar
presente todos os dias, seguimos nosso destino,
nossa história e, mesmo assim, você continua
presente de alguma forma.

Recordei que, há dois anos, realizei um sonho e
você foi a primeira pessoa para quem enviei
mensagem, do outro lado do oceano, no país irmão,
minha irmã de coração.

Recordei-me também da sua ligação, em um
domingo à tarde:

— Bebê comigo?

Ri e respondi:

— Claro!

Em uma chamada de vídeo, eu bebi aqui e você aí,
enquanto me contava um problema e, no final,
depois da franqueza da amizade, você percebeu não
ser exatamente um problema e hoje divido com
você essa alegria.

Sei como é difícil estar longe do lugar que
crescemos, sei como é difícil não estar presente em
momentos ruins e também nos alegres daqueles que
ficaram na terra natal.

Mas, o que posso dizer é que os anos passaram, a
vida mudou tanto das cartas até a chamada de
vídeo, bebendo uma cerveja à distância, em um
domingo à tarde, nós acompanhamos essa mudança
e a usamos em nosso favor, em favor da amizade
que surgiu de uma menina intrometida na janela da
minha casa e que dura até os dias de hoje.

Mércia Souza. Nasceu no interior do Espírito Santo e, aos 12 anos, iniciou sua paixão pela escrita e leitura. Aos 17 casou-se e a vida corrida de dona de casa e mãe fez com que abandonasse a escrita e diminuísse seu tempo com a leitura. Há 4 anos, redescobriu sua paixão e se tornou autora de dois romances. Atualmente, vive com seus três filhos em Cachoeiro de Itapemirim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

moto-apreendida-19-07-2024

Moto clonada é apreendida em Cachoeiro após ser flagrada pelo videomonitoramento

prisao-suspeito-19-07-2024

Preso suspeito de atirar em mototaxista e enfermeiro em Cachoeiro

Hospital-do-Aquidaban-2-e1609786208993

Enfermeiro baleado já havia pedido medida de afastamento. Familiares pedem justiça

acidente-br-482-19-07-2024

Motociclista de 53 anos morre atropelada por caminhão

cao-atendimento-veterinario

Inscrições prorrogadas para cursos técnicos gratuitos

zeze-da-cofril-19-07-2024

Zezé da Cofril assume presidência do PP em Cachoeiro de Itapemirim

mototaxista-carona-baleados-17-07-2024

Polícia ouve testemunhas a respeito do atentado contra mototáxi em Cachoeiro

ribeiraonassau-2

Sexto Grupo Escoteiro Baden-Powell promove Dia do Amigo em Cachoeiro

Leia mais