Moradores de Iconha removem lama de loja atingida. Foto: Thiers Turini

“Precisamos de gente para limpeza pesada”, diz secretária de Iconha

“Precisamos de gente para limpeza pesada”, diz secretária de Iconha

A secretária de Administração da Prefeitura de Iconha, Mônica Marotto Soares, conversou com o Portal Dia a Dia ES nesta quarta-feira (22). De acordo com ela, a cidade precisa urgentemente de gente para trabalho braçal.

O prefeito João Paganini, que também decretou estado de calamidade pública, enviou um ofício ao governo do Estado pedindo a vinda do Exército para o município o quanto antes. Após essa solicitação, a Defesa Civil estadual encaminhou pedido ao Comando do 38º BI para que tropas sejam enviadas para atender as quatro cidades que estão sob vigência do decreto estadual de calamidade: Iconha, Vargem Alta, Alfredo Chaves e Rio Novo do Sul.

“Cerca de 70% dos nossos servidores perderam tudo. A gente está sem mão de obra braçal para limpeza pesada, para ajudar a carregar donativos, para fazer serviço pesado. Precisamos realmente de ajuda”, afirmou a secretária.

Mônica Soares disse que máquinas e funcionários de outras prefeituras estão na cidade ajudando na limpeza. “As prefeituras estão sendo muito solidárias conosco. A Amunes está sendo muito parceira nisso”, disse.

Leia mais: Prefeito de Iconha pede que governo mande o Exército

No prédio da prefeitura não houve destruição por ser mais alto em relação ao Centro da cidade, mas secretarias como Saúde, Agricultura e Meio Ambiente ficaram destruídas.

A secretária afirmou ainda que a estrutura de fornecimento de marmitex que vieram de doações está funcionando de forma organizada.

Devastação

A cidade de Iconha foi devastada pelo temporal que caiu no Sul do Espírito Santo na última sexta-feira (17). A Passarela do Jolivan desabou. Um posto médico foi montado na cidade, uma vez que o Hospital Danilo Monteiro de Castro foi tomado pela enchente.

Carros levados pela enchente ficaram empilhados. Foto: Thiers Turini

O governador Renato Casagrande esteve na cidade no sábado (18) com uma equipe da Defesa Civil e definiu a situação como “um cenário de guerra”.

Leia mais: Iconha é devastada por tempestade. Veja os vídeos

Quatro pessoas morreram em consequência do temporal, nas localidades de Bom Destino, Ilha do Coco e no Contorno de Iconha. Há 55 desalojados e 22 desabrigados. Vários imóveis com risco de desabamento foram interditados pela Defesa Civil.

Alerta

O tenente-coronel Carlos Wagner Borges, do Corpo de Bombeiros, fez um alerta na noite de terça-feira (21) sobre risco de tempestades e chuvas intensas previstas para quarta (22).

“Queremos contar com seu apoio, principalmente para você que mora em área de risco. Não permaneçam em casa se apresentar rachaduras na parede, no chão, no quintal, parte da encosta do quintal começar a desprender e árvores começarem a cair”, destacou.

O alerta, segundo ele, é válido para todo Estado, mas principalmente para a região Sul, que já vem sofrendo estragos com as últimas chuvas, e a região da Grande Vitória.

Ultimas Notícias

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi