sex 19/julho/2024 06:50
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Expedição ao Pico em 2017 com Alessandro, Fabiana e o saudoso Carlos Abel (Gaúcho)

Quer acampar no Parque do Caparaó? Leia isso antes de seguir viagem

Alessandro-29-09
Alessandro Araujo de Paula

O inverno é uma época mágica para acampar no Parque Nacional do Caparaó, na divisa do Espírito Santo com Minas Gerais. As baixas temperaturas e o clima seco tornam a experiência de passar a noite ainda mais fascinante, com possibilidade de enfrentar temperaturas abaixo de zero e contemplar o céu estrelado em meio às montanhas.

No entanto, os aventureiros devem estar atentos para não perder a viagem. Com a procura em alta, quem deseja dormir no parque precisa fazer reservas com antecedência, principalmente para os sábados, cujas vagas estão esgotadas até agosto nos acampamentos Tronqueira, Terreirão e Casa Queimada.

Chão e as barracas cobertas com uma fina camada de gelo. Foto: Douglas de Souza Dias

Para quem busca vagas em outros dias da semana, ainda há disponibilidade, mas é essencial confirmar antes pelo site oficial do parque. O acampamento da Macieira dispõe de poucos espaços para pernoites.

Para quem não pretende dormir no parque, somente entrar e sair no mesmo dia, não há necessidade de fazer reservas.

Segundo o diretor do parque, Waldomiro de Paula Lopes, a procura no período de inverno, considerado de alta temporada, é elevada, com um aumento considerável em dias de sábado e feriados.

Ele recomenda que os interessados façam suas reservas com a máxima antecedência possível, observando que as reservas podem ser feitas para o mês vigente e os dois seguintes.

Portaria de Pedra Menina-ES

Ele ressalta que a necessidade de agendamento prévio é uma estratégia não apenas para organizar o fluxo de visitantes, mas também para garantir uma experiência mais segura e agradável.

Lopes enfatiza que o parque é reconhecido nacionalmente como um dos principais ícones do montanhismo, e sua popularidade durante o inverno se deve à redução das chuvas e às condições climáticas ideais para as atividades ao ar livre.

“Além da beleza natural, essa época oferece uma experiência especial para os campistas, com um ambiente propício para a contemplação e o contato com a natureza”, comenta o diretor.

Para aqueles que desejam visitar o parque, mas não planejam pernoitar, as portas estão abertas das 7h às 17h, sem a necessidade de agendamento prévio.

Contudo, é importante estar ciente das normas de segurança, especialmente para quem pretende alcançar o Pico da Bandeira, cujo horário de entrada é restrito das 7h às 8h, para permitir tempo suficiente para a subida e descida durante o dia.

“É essencial que os visitantes estejam bem preparados, portando equipamentos adequados, incluindo lanternas, pois imprevistos podem ocorrer e é necessário garantir o retorno em segurança”, alerta Lopes.

Tire suas dúvidas


Como fazer a reserva?
As reservas devem ser feitas pelo site do Parque, na aba Guia do Visitante, onde há um formulário exclusivo.

Há algum contato telefônico?
Para dúvidas, o número 21 97895-7522 está disponível para ligações ou mensagens de texto em dias úteis, das 08h às 16h.

Existe taxa de entrada?
Não, as cobranças estão suspensas desde novembro de 2016.

Qual é o horário de entrada para quem não pernoitar?
A entrada é das 7h às 17h. Para quem vai ao Pico da Bandeira, é das 7h às 8h.

Há limite de visitantes diários?
Não há limite de entrada para visitas diárias, exceto em alguns feriados prolongados.

Quais são as opções de trilhas no parque?
O parque possui diversas trilhas de diferentes níveis de dificuldade, incluindo as que levam ao Pico da Bandeira.

É necessário levar algum equipamento especial?
Sim, especialmente lanternas para quem pretende subir ao Pico da Bandeira, além de vestuário adequado para o frio.

Há áreas específicas para acampar?
Sim, existem quatro áreas de acampamento: Tronqueira, Terreirão, Macieira e Casa Queimada, todas bem estruturadas.

Como é o clima no inverno?
As temperaturas podem ficar abaixo de zero, com menor ocorrência de chuvas, ideal para montanhismo.

Posso visitar o parque com crianças?
Sim, o parque oferece trilhas e áreas seguras para visitas familiares, sempre respeitando as orientações de segurança.

Parque tem o terceiro ponto mais alto do Brasil

Pico da Bandeira. Foto: Ivan de Souza

Com uma área de 31,8 mil hectares, o Parque Nacional do Caparaó abriga o icônico Pico da Bandeira, terceiro ponto mais alto do Brasil, com 2.892 metros, além de outros picos de grande altitude. É um local de preservação da Mata Atlântica, com biodiversidade rica e campos de altitude.

Além deste, o parque é lar de outros picos majestosos, como o Pico do Calçado e o Pico do Cristal, todos compondo uma paisagem de tirar o fôlego.

Os visitantes podem acessar o parque por duas portarias: uma localizada em Alto Caparaó, Minas Gerais, e outra em Pedra Menina, no Espírito Santo.

Cada uma delas oferece uma experiência única, permitindo aos visitantes explorar diversas trilhas, que variam em extensão e dificuldade, proporcionando vistas panorâmicas e acesso a cachoeiras, piscinas naturais e vales exuberantes.

É um destino perfeito para quem busca aventura e conexão com a natureza, com áreas de acampamento bem estruturadas, tornando a experiência ainda mais especial.

Esta região é crucial para a conservação da biodiversidade, abrigando diversas espécies endêmicas e ameaçadas, além de proteger nascentes de três importantes bacias hidrográficas: Itabapoana, Itapemirim e Doce.

As trilhas principais levam os aventureiros ao Pico da Bandeira, que pode ser conquistado tanto pela vertente capixaba quanto pela mineira. O percurso não é apenas uma caminhada, mas uma verdadeira travessia entre os dois estados, oferecendo uma experiência rica em beleza cênica e contemplativa.

Os visitantes podem escolher entre trilhas mais curtas e de fácil acesso ou optar por rotas mais desafiadoras, que exigem preparo físico e resistência.

Para os campistas, o parque oferece áreas bem estruturadas, como Tronqueira, Terreirão, Macieira e Casa Queimada, equipadas com banheiros, mesas e locais para preparo de alimentos. Essas áreas são ideais para aqueles que desejam se imergir na natureza e vivenciar noites estreladas em meio às montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

material-apreendido-mimoso-18-07-2024b

Polícia apreende arma e mais carga roubada em operação em Mimoso do Sul

rio-itapemirim-ilha-da-luz-17-07-2024

Com nível baixo dos rios, Agência declara estado de atenção de escassez hídrica no ES

mototaxista-baleado-17-07-2024

Passageiro da moto levou 4 tiros. Ele disse que estava sendo ameaçado

Patricia-Pereira-paratleta-17-07-2024

Espírito Santo conquista 25 medalhas no Circuito Loterias Caixa de Natação Paralímpica

CCJ-Senado-17-07-2024

PEC que anistia partidos só deve ser votada em agosto no Senado

tres-presos-furto-carga-mimoso-17-07-2024

Trio é preso em Mimoso do Sul por furtos de carga em caminhões

mototaxista-carona-baleados-17-07-2024

Motociclista e carona baleados na subida do bairro Aquidaban

atleta Edimara Alves

Brasil vence Sul-Americano de Atletismo com capixaba na seleção

Leia mais