seg 16/maio/2022 13:03
Imagem Ilustrativa

Rastreador em aparelho leva polícia a homens que roubaram celulares em Muqui

Rastreador em aparelho leva polícia a homens que roubaram celulares em Muqui
Redação Dia a Dia

Policiais Militares em patrulhamento de rotina em Muqui foram informados do roubo de um celular na tarde desta segunda-feira (9) por dois homens armados que estavam numa moto Twister amarela.

Segundo a denúncia, após o roubo os motociclistas teriam se deslocado na direção de Cachoeiro. A  viatura policial percorreu o trecho, mas os homens não foram localizados.

Os policiais foram à casa da vítima, que já tinha ido para o trabalho, mas foram apoiados por um vizinho, que através de um programa, detectou o local em que o celular roubado estava.

O aparelho foi localizado na cidade de Atílio Vivácqua, no bairro Alto Niterói. Procurado no trabalhado, o dono do aparelho de celular roubado informou que um dos homens que o abordou estava com uma blusa de frio vermelha e tinha a pele clara.

O segundo homem era negro e portava uma arma de fogo e vestia uma blusa cinza. A partir da identificação de onde o celular estava e da descrição dos homens, a guarnição se deslocou ao local apontado pelo localizador e avistou um homem de camisa vermelha, conforme descrito pela vítima.

Ao ser revistado, foi encontrado com ele o celular Samsung na cor e com a capa descrita pelo homem roubado em Muqui. Outros dois celulares da marca LG foram apreendidos com o homem, além de duas notas de R$ 100.

Questionado, ele confessou ter roubado todos os celulares na cidade de Muqui, um deles em São Gabriel. A polícia pediu autorização ao pai do homem para fazer buscas na residência em busca da arma, no que foi autorizado, mas nada foi encontrado. O homem informou que o nome do parceiro do roubo era Lobão e que reside na zona rural de Atílio Vivácqua, mas ele não foi localizado.

Na manhã desta terça-feira (10), a polícia visualizou a moto Twister utilizada no roubo, que estava sendo pilotada pelo sue proprietário. Questionado sobre o fato do veículo ter sido usado no  roubo de celulares em Muqui no dia anterior, ele disse que tinha deixado a motocicleta com a chave na ignição em frente a casa do seu irmão, conhecido como Caburé, e negou ter envolvimento com o crime.

O suspeito do roubo dos celulares recebeu voz de prisão, e diante da agitação e agressividade, teve que se algemado, informa o Boletim Unificado lavrado na 7ª Delegacia Regional de Cachoeiro.

 

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias
%d blogueiros gostam disto: