Servidor da Prefeitura de Itapemirim é preso por porte ilegal de arma e receptação

Servidor da Prefeitura de Itapemirim é preso por porte ilegal de arma e receptação

Um servidor da Prefeitura de Itapemirim foi preso na tarde de quinta-feira (09) por porte ilegal de armas de fogo e receptação de carro roubado.

A prisão foi possível a partir de denúncia feita aos policiais militares da Força Tática da 9ª Cia Independente de Polícia Militar, que o servidor, de 45 anos, seria o proprietário de um carro roubado que estava no estacionamento de um supermercado em Itaipava.

Durante a abordagem policial, o servidor público estava acompanhado da esposa, de 42 anos, e dirigia uma caminhonete Hillux. Ele passava perto do Centro de Apoio Logístico da Marinha, entre a Barra de Itapemirim e a praia de Itaipava.

Na bolsa mulher foram encontradas uma pistola e munição. Ela assegurou aos policiais que o marido havia entregue a ela uma sacola para guardar, mas que desconhecia o seu conteúdo.

Com o homem foi encontrada a documentação de um Jeep Renegade com restrição de furto e sinais de falsificação. Enquanto a informação estava sendo apurada, em que a Polícia Rodoviária Federal confirmou a clonagem do Jeep Renegade, outra denúncia garantia que o motorista, que circulava entre  Itapemirim e Marataízes numa caminhonete Hillux, estaria armado.

A polícia relata que foi possível chegar até ele a partir das imagens das câmeras de vídeomonitoramento do sistema de cerco tático dos dois municípios, que apontaram a direção seguida pelo motorista.

O motorista assumiu que a munição encontrada na bolsa da esposa pertencia a ele.  Confirmou ainda que tinha uma pistola em seu sítio, na localidade de Santo Amaro, no interior do município.

Durante a ocorrência, um amigo do servidor público, de 20 anos, foi surpreendido pela polícia quando ia pegar o Jeep Renegade para abastecer, segundo ele a pedido da esposa do proprietário.

No Jeep foram encontrados um carregador de pistola 9 mm e uma munição picotada.  Após essa constatação, a equipe policial se deslocou até a residência do suspeito, onde foi autorizada a entrar pela filha do casal.

Na casa foram encontrados R$ 89 mil em dinheiro em um cofre. Já no sítio, em Santo Amaro, foi encontrada uma arma de fogo calibre 9mm com dez munições, sem documento de posse ou porte.

A Polícia Militar esclarece que diante das evidências de que o homem utilizava o veículo clonado para a prática de crimes, todos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Judiciária (DPJ) de Itapemirim para as providências cabíveis.

Já a Polícia Civil informa que o servidor público foi ouvido e assumiu a propriedade do material ilícito e foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e receptação, sendo encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Marataízes.

O rapaz surpreendido pela Polícia no estacionamento do supermercado e a mulher foram ouvidos e liberados.

Segundo a Polícia Civil, a liberação se deu porque o entendimento é de que não havia, naquele momento, elementos suficientes para lavrar o auto de prisão em flagrante, mas que o caso continua sob investigação.

A Prefeitura de Itapemirim  emitiu nota oficial informando que o servidor não figura mais no quadro administrativo do município desde o último dia 3 de setembro, e que a sua exoneração será publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (10) com data retroativa.

Ultimas Notícias

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi