Servidores da saúde e segurança poderão ter tempo de serviço contado em dobro

Servidores da saúde e segurança poderão ter tempo de serviço contado em dobro
Redação Dia a Dia

Trabalhadores da saúde e segurança pública poderão ter o tempo de trabalho exercido durante a pandemia contado em dobro se a proposta apresentada pelo deputado Dr. Rafael Favatto, por meio do Projeto de Lei (PL) 787/2021, for aprovado pelos seus pares.

Essa contagem é aplicável inclusive a benefícios como quinquênios e licenças-prêmio. Da área de segurança, o texto inclui os policiais militares, civis, bombeiros, técnico-científicos, penais, agentes socioeducativos e guardas civis metropolitanos. O projeto tramitará pelas comissões de Justiça, Cidadania e Finanças.

Segundo Favatto os profissionais destas duas áreas de atividade devem ser valorizados. “Isso resultará no melhor cumprimento de sua missão em benefício de todos”, justifica.

Pandemia

Rafael Favatto diz que a proposição tem por base as informações emitidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 11 de março de 2020.

Nesse dia a OMS declarou a existência da pandemia do novo coronavírus, e a nota de emergência em saúde da OMS, emitida em 30 de janeiro do mesmo ano.

Na esfera nacional, a justificativa do PL considera a Lei 13.979, que trata das medidas para enfrentamento da situação de emergência em saúde pública.

Ultimas Notícias