Foto ilustrativa: Pixabay

Sul e Caparaó ultrapassam a marca de 6 mil infectados pela Covid-19

Sul e Caparaó ultrapassam a marca de 6 mil infectados pela Covid-19
Redação Dia a Dia

O Espírito Santo contabiliza 1.692 mortes e 48.821 casos confirmados de coronavírus até esta quarta-feira (1º). Foram 45 óbitos e 1.928 novos registros nas últimas 24 horas. As informações são do painel Covid-19 da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), que também registra 28.752 pessoas curadas da doença.

Na última terça-feira, quando encerrou o mês de junho, as regiões Sul e Caparaó atingiram a marca de 6.146 infectados pelo novo coronavírus. Deste total, 3.874 estão curados e 203 foram a óbito.

No Sul do Espírito Santo, Cachoeiro de Itapemirim, onde fica o hospital de referência para o tratamento da doença, registra o maior número de casos confirmados: 1.745, com 66 óbitos, cinco a mais do que o divulgado na última terça-feira (30). Nas últimas 24h foram 76 novos registros da doença. Com isso, a cidade ocupa a sexta colocação no painel Covid-19 em número de casos de coronavírus em relação aos demais municípios do Estado.

[infogram id=”taxa-de-ocupacao-de-leitos-1hke60rmy5q365r” prefix=”umX”]

O Estado já registra casos de transmissão comunitária da doença, ou seja, quando não há como identificar a origem da contaminação.

A taxa de isolamento social registrada no Espírito Santo na última segunda-feira (29) pelo governo estadual foi de 46,23%.

Tratamento

Até o momento não há um tratamento específico para a doença, que é transmitida por gotículas de saliva e catarro que se espalham pelo ambiente. Por isso, é fundamental manter alguns cuidados com a higiene pessoal que também valem para afastar o risco de gripe e outras tantas doenças respiratórias.

Como se prevenir

• Lavar as mãos frequentemente por pelo menos 20 segundos com água e sabão.
• Utilizar antisséptico de mãos à base de álcool para higienização;
• Cobrir com a parte interna do cotovelo a boca e o nariz ao tossir ou espirrar.
• Utilizar lenço descartável para higiene nasal.
• Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca.
• Não compartilhar objetos de uso pessoal.
• Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado.

Ultimas Notícias