Magno atende cliente em seu estúdio em Mimoso do Sul. Foto: Beto Barbosa

Tatuador corre atrás de seu sonho e se destaca em Mimoso do Sul

Tatuador corre atrás de seu sonho e se destaca em Mimoso do Sul
Tatuador corre atrás de seu sonho e se destaca em Mimoso do Sul
Redação Dia a Dia

A história de vida do tatuador de Mimoso do Sul, Peter Silva Cruz, 23 anos, é a prova de que a determinação ultrapassa qualquer barreira. Apaixonado por desenho desde criança, ele correu atrás do sonho e hoje é um dos profissionais mais procurados de sua cidade.
Peter adotou o nome de Magno Tattoo, em homenagem à sua avó Magnólia, que morreu de câncer quando ele tinha 15 anos, e montou um estúdio de tatuagem na entrada do bairro Funil, no Centro de Mimoso do Sul.
Diariamente, jovens e adultos o procuram para que registre em suas peles uma arte, um desenho, símbolo, nome ou mensagem. Cada tatuagem é personalizada.

O SONHO
O desejo de dedicar a vida ao tattoo começou em Guarapari, onde Magno residia com seus pais e irmãos. O pai era pedreiro e a mãe, cozinheira em uma escola. Para ajudar nas despesas, os filhos trabalhavam com o pai nas obras.
“Um dia meu irmão chegou com uma tatuagem no braço. Eu tinha 9 anos e desenhava desde os 3. Sempre pensei em ganhar dinheiro com meus desenhos e naquele dia decidi que seria tatuador”, disse.
A partir de então começou a estudar as técnicas e estilos de tatuagem. Não era fácil, pois tinha que dividir seu tempo com a escola e o trabalho ao lado do pai. Quando podia, ia até os estúdios ver o desempenho dos tatuadores.
Só que havia um problema. Seus pais não queriam que ele fosse tatuador. “Meu pai achava que era coisa de vagabundo”, comentou.

A INSPIRAÇÃO
No entanto, Magno tinha uma pessoa que o incentivava a batalhar pelos seus sonhos, sua avó. “Sempre quando eu ficava triste ia para a casa dela. Minha avó dizia, se você tem um sonho, corra atrás dele, não importa o que os outros digam”, relembrou.
Alguns anos após a morte da avó, seus pais se separaram e Magno seguiu com a mãe para Mimoso do Sul, onde ela tinha parentes. Sem trabalho, a mãe pegou dinheiro emprestado e comprou um carrinho de pipoca.
Só que o dinheiro que a mãe fazia vendendo pipoca não era suficiente para manter as despesas de casa. Foi então que Magno convenceu a mãe a ajuda-lo a montar seu estúdio de tatuagem.
Após algum tempo, a mãe decidiu atender ao pedido do filho. Vendeu o carrinho de pipoca e entregou o dinheiro ao Magno, que comprou os primeiros equipamentos e produtos.
Magno estudou, melhorou a técnica até receber seu primeiro cliente. A partir dali, outras pessoas o procuraram. Com a renda, Magno pode realizar outro sonho, que foi poder mobiliar a casa de sua mãe.

A ARTE
Algumas tatuagens são criações próprias. Outras, Magno se inspira em desenhos trazidos pelos clientes, mas sempre coloca um toque próprio para que seja algo exclusivo, personalizado.
Magno ressalta que além de arte, o trabalho exige cuidado. “Uso sempre os melhores materiais do mercado, todos são de qualidade e certificados pela Anvisa. Os produtos são descartáveis. Após a tatuagem, tudo é jogado fora”, explicou.
O valor das tatuagens varia de acordo com o local, a riqueza de detalhes e o tamanho. Mas a partir de R$ 70 já é possível ter uma pequena tatuagem.

Os trabalhos de Magno podem ser conferidos nas redes sociais abaixo

Instagram

Youtube

Tiktok

 

Ultimas Notícias
mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi