Treinamento em 38 municípios para reduzir ataques de escorpiões

Treinamento em 38 municípios para reduzir ataques de escorpiões
Treinamento em 38 municípios para reduzir ataques de escorpiões
Alessandro Araujo de Paula

Para ajudar a prevenir acidentes envolvendo escorpiões, equipes da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) estão visitando municípios capixabas para treinar os servidores locais. Até o momento, 38 municípios foram visitados.

Acidentes envolvendo escorpiões estão frequentes. Segundo dados da Sesa, entre janeiro e abril deste ano 1.363 pessoas foram picadas, uma média de um acidente a cada duas horas. No ano passado, foram 1.406 acidentes neste mesmo período.

Participaram dos treinamentos 29 municípios da Central Norte, cinco do Sul do estado e quatro da Região Metropolitana. Inicialmente, segundo a Sesa, foi realizada uma preparação teórica e atualmente as equipes realizam ações práticas.

No sul do Estado participaram do treinamento as cidades de Anchieta, Iúna, Presidente Kennedy, Itapemirim e Rio Novo do Sul.

Na parte prática, as equipes da Sesa vão até as áreas onde ocorreram os acidentes para orientar os moradores a evitar situações que atraiam escorpiões. As visitas são acompanhadas por técnicos e agentes da Vigilância Ambiental dos municípios.

A bióloga e especialista em Gestão, Regulação e Vigilância em Saúde da Superintendência Regional de Colatina, Pollyana Lima Peterle, ressalta que algumas medidas simples podem evitar acidentes envolvendo escorpiões.

“Tijolos, telhas e madeiras devem ser eliminados ou colocados longe de casa. Lixo deve ficar em sacolas ou em lixeiras, para afastar baratas, que são alimentos dos escorpiões”, ressaltou.

Durante o trabalho em campo, são capturados diversos indivíduos. Em alguns locais, a equipe utiliza luz negra para ações no período noturno.

Algumas dicas que podem evitar acidentes

– É preciso eliminar ou afastar das residências materiais que possam servir de abrigo para os escorpiões, como telhas, tijolos, madeiras e entulhos.

– O escorpião se alimenta de baratas, portanto, é necessário evitar a presença destes insetos, condicionando o lixo de forma adequada, em lixeiras ou sacos plásticos.

– Em locais onde há escorpiões, é bom verificar o local ao sentar ou deitar-se. Evitar deixar roupa de cama encostada no chão e manter cama afastada da parede. É aconselhável balançar roupas antes de usar e também olhar sapatos e tênis antes de calçar.

– Em caso de picada, procurar imediatamente atendimento médico. Principalmente, se o acidente for com crianças menores de 10 anos ou idosos.

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias