Tiroteio que matou o jovem Romulo assustou moradores do residencial

Um dos suspeitos de atear fogo em motoboy tem 17 anos e já está preso

Um dos suspeitos de atear fogo em motoboy tem 17 anos e já está preso
Alessandro Araujo de Paula

Um adolescente de 17 anos que estaria envolvido no tiroteio que matou um motoboy e deixou um ambulante ferido na quarta-feira (18) já está preso.

De acordo com a polícia, o rapaz se apresentou e confessou que ateou fogo na vítima. O crime ocorreu no residencial Otílio Roncete, bairro Gilson Carone, em Cachoeiro de Itapemirim.

O motoboy Rômulo Moraes Aguiar, 19 anos, também foi queimado pelos criminosos, que durante perseguição lançaram garrafas de coquetel molotov no jovem.

A vítima foi sepultada na sexta-feira (20).

De acordo com o delegado de Homicídios e Proteção à Pessoa, Felipe Vivas, o adolescente foi internado no Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases).

O outro suspeito de participação no crime e que seria o autor dos disparos já foi identificado. Ele tem 23 anos e ainda não foi preso.

O delegado informou que o alvo não seria o motoboy e que a motivação do crime seria uma desavença entre o autor dos disparos e outros moradores do condomínio.

Ultimas Notícias