qua 18/maio/2022 06:44

União entre Bandes e Sebrae vai permitir uso do Fundo de Aval para financiamentos de pequenos negócios

União entre Bandes e Sebrae vai permitir uso do Fundo de Aval para financiamentos de pequenos negócios
Redação Dia a Dia

O Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) vão assinar um termo de cooperação técnica e financeira para acesso aos recursos do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe). Com o convênio, será possível que microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte utilizem o Fampe como garantia complementar aos financiamentos do Bandes.

A equipe técnica do banco está finalizando os trabalhos para poder disponibilizar o mecanismo de garantia para os empresários. Assim que definidos estes critérios, os recursos estarão disponíveis para utilização como parte das garantias em operações de crédito voltadas a micro e pequenos empreendedores individuais (MEIs) e autônomos.

O Fampe é um mecanismo garantidor à contratação de operações de crédito para financiamento com as instituições financeiras. Ele tem o objetivo de prestar garantia (total ou parcial) aos empréstimos levantados com as instituições financeiras credenciadas pelo Sebrae. Assim, empresários que não consigam apresentar outras formas de garantia com o Bandes, podem fazer uso do fundo de aval.

A parceria entre Bandes e Sebrae tem o objetivo de facilitar o acesso do pequeno negócio às linhas de crédito, possibilitando que mais pequenas empresas tenham suas necessidades de crédito atendidas. O diretor operacional Bandes, Claudio Roberto Saade, enfatizou que a instituição está atenta ao mercado e na busca de soluções para dar agilidade à contratação de crédito.

“O Bandes, tradicionalmente tem um papel social relevante e, neste momento, precisamos dar apoio necessário aos empresários terem mecanismos que permitam a retomada das atividades produtivas, realizando novos investimentos. Ao ampliar as formas de garantia aos contratos de financiamento do banco, permitimos, ao mesmo tempo, ampliar o acesso ao crédito, com a redução dos riscos operacionais para a instituição”, enfatiza o diretor.

%d blogueiros gostam disto: