Vendedora cachoeirense sai de casa e desaparece

Vendedora cachoeirense sai de casa e desaparece
Vendedora cachoeirense sai de casa e desaparece
Redação Dia a Dia

Roseli Valiati Farias, de 47 anos, moradora de Cachoeiro, está desaparecida desde a noite de domingo (17), quando teria saído para se encontrar com o namorado e não foi mais vista pela família.

O carro de Roseli, um Corolla, foi localizado na manhã desta segunda-feira (18), abandonado próximo à garagem da Viação Itapemirim. Dentro do veículo, estavam alguns pertences dela, mas o aparelho celular desapareceu.

A mulher desaparecida trabalha há 20 anos em uma gráfica de Cachoeiro e é bastante conhecida na cidade, e seu sumiço causou comoção entre os amigos e familiares.

Ela sempre foi pontual no serviço e o fato de não aparecer para trabalhar causou estranheza aos amigos e patrões. Como vendedora, atendia políticos e empresários. Colegas de trabalho também estão preocupados.

“São 20 anos de trabalho. Nunca faltou um dia de serviço. Ela saiu ontem (domingo), às 19h30 para encontrar esse rapaz e sumiu. O celular não dá sinal. Não conseguimos falar com ela”, disse, preocupado, o irmão Clodoaldo Valiate, 43.

Clodoaldo explicou que a irmã perdeu o marido para a Covid-19 em janeiro desse ano. Recentemente, conheceu uma pessoa pela internet e, desde então, passaram a se encontrar.

O irmão ressalta que Roseli é muito responsável e que se, por acaso acontecesse algum imprevisto, ela ligaria para avisar. “Conheço minha irmã. Ela nunca faria isso”, destacou.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O delegado Felipe Vivas informou que ainda não é possível adiantar sobre o rumo das apurações.

Segundo informações de familiares, o namorado teria sido intimado para depor, mas o fato não foi confirmado pelo delegado que investiga o caso.

Ultimas Notícias