Advogadas criam programa para ajudar mulheres em Cachoeiro

Advogadas criam programa para ajudar mulheres em Cachoeiro
Rafaela Thompson

Para ajudar as mulheres, sejam elas vítimas de violência ou nas mais diversas áreas do direito, tal como previdenciário, penal, família, civil e trabalhista, um grupo de advogadas de Cachoeiro de Itapemirim criou o “Advocacia Para Todas”.

O programa oferece orientações e serviços jurídicos a essas mulheres com valores diferenciados e, em alguns casos, a consulta não é cobrada, dependendo da situação financeira da interessada.

Segundo a advogada Kamilla Ramiro, muitas mulheres sentem medo e vergonha na hora de denunciarem os casos de violência por não se sentirem à vontade para expor a situação para homens.

“Existem muitos casos, principalmente de violência doméstica, ou processos relacionados a divórcio, pensão alimentícia e guarda, onde a mulher não se sente confortável em expor o que vive para outro homem. Ou, até mesmo, o homem que lhe atende não consegue ter a devida empatia com a situação que a cliente vivencia”, afirmou Kamilla.

A cada dois segundos uma mulher é vítima de violência física ou verbal no Brasil e a cada 1,4 segundo uma mulher é vítima de assédio, segundo dados do Instituto Maria da Penha.

Em Cachoeiro, cerca de 40 novos inquéritos por violência doméstica são instaurados mensalmente na Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam), segundo a delegada titular, Edilma Oliveira.

Estima-se que este número pode ser ainda maior, já que muitas mulheres não denunciam os casos de violência física e psicológica.

Os atendimentos são feitos das 09h30 às 18h00 mediante agendamento por meio do 27 99707-4005 ou na rua Bernardo Horta, número 10, Guandu.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi