Após se apresentar em bar, cantor de forró é assassinado

Após se apresentar em bar, cantor de forró é assassinado
Após se apresentar em bar, cantor de forró é assassinado
Anete Lacerda

Edivandro Cipriano, de 39 anos, cantor de forró, foi assassinado com um tiro na manhã de sábado (18) logo após se apresentar em um bar no bairro Monte Belo, em Cachoeiro de Itapemirim.

Ele foi morto com um tiro nas costas no próprio bar logo após uma discussão.

Segundo testemunhas o acusado de efetuar o disparo seria um rapaz de 21 anos, que fugiu e não foi localizado pela Polícia Militar.

A informação é de que quando a PM chegou ao bar, o músico já estava caído no chão, quase inconsciente. Ele foi socorrido ainda com vida pelo Samu 192 para a Santa Casa de Cachoeiro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Poucas horas antes do assassinato, Edivandro, que também trabalhava como locutor de lojas, postou um vídeo em seu perfil no Facebook enquanto se apresentava no bar em que foi assassinado. Foi nesse mesmo post que todos foram informados de sua morte por uma pessoa que se identificou como seu irmão.

O motivo da discussão ainda não é conhecido, já que as testemunhas ouvidas pela PM não souberam informar sobre isso.

Segundo entendimento de um amigo de Edivandro, ele foi morto por engano, já que o alvo não seria ele, mas outra pessoa que estava no bar.

A polícia identificou dois suspeitos envolvidos na morte do cantor, porém, até o momento, ninguém foi preso.

O delegado Felipe Vivas, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, informou que a polícia iniciou as investigações, mas que não poderia passar mais detalhes sobre o caso para não atrapalhar as investigações.

Ultimas Notícias
mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi