dom 19/maio/2024 01:54
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Foto do perfil do Facebook

Assassino de jovem esquartejado é identificado e preso

redacao
Redação Dia a Dia

 

A Polícia Civil identificou o corpo mutilado encontrado há três meses nas águas do Rio Itapemirim, em Cachoeiro de Itapemirim. É do jovem Higor Fabiano Rangel, 23 anos. Ele foi reconhecido pelos familiares.

O suspeito de cometer o crime, R. F. S. M., 28 anos, foi preso nesta segunda-feira (26). Ele confessou a autoria do assassinato e relatou que tomou a atitude depois de ser ameaçado, quando a vítima descobriu que estaria se relacionando com a mulher dele, esclarece o titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Felipe Vivas.

Segundo a Polícia Civil (PC), o preso é o atual namorado da ex-mulher da vítima, que no mês de junho ligou para a delegacia de Cachoeiro para perguntar o que deveria fazer para registrar um boletim de ocorrência sobre um desaparecimento.

Ela também é investigada como suspeita de envolvimento no caso. Felipe Vivas esclarece que os depoimentos da companheira e as provas mostram algumas contradições em relação às declarações anteriores e atuais.

“Até que se prove o contrário, estamos tratando-a como suspeita do crime sim. É muita crueldade ver que o ser humano é capaz de um ato desse”.

Ele conta que após procurar a polícia e descrever a aparência do marido, a mulher falou de uma tatuagem que ele tinha no peito com o nome dos filhos.

O policial que a atendeu pediu que comparecesse ao Serviço Médico Legal para ver se o corpo encontrado no Rio Itapemirim no dia 28 de abril por populares próximo à Ponte do Arco, entre os bairros Coronel Borges e Baiminas, embrulhado em saco plástico preto, era o de seu marido.

O delegado Felipe Vivas relata que foi perguntado à companheira da vítima se ele tinha levado algo antes de sair de casa, e ela informou que levara alguns pertences pessoais.

“Nós juntamos elementos e provas nesse momento e representamos ao Poder Judiciário e a 1ª Vara Criminal expediu o mandado da prisão temporária”.

Vivas conta ainda que o assassino tentou apagar a tatuagem com o nome do filho da vítima, para dificultar a identificação do corpo, mas não obteve sucesso em sua tentativa, e que foi isso que permitiu a sua identificação, uma vez que o exame de DNA ainda não ficou pronto.

A forma como Higor Rangel foi assassinado ainda não foi esclarecida e a polícia ainda busca essa informação, informa o delegado.

O autor do crime foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP/CI), após os procedimentos de praxe e permanecerá recolhido à disposição da Justiça, complementa o delegado.

 

deslizamento-mimoso-18-05-2024

Espírito Santo está entre os seis estados brasileiros com mais cidades com risco de desastres

banda-casaca-17-05-2024b

Banda Casaca e muito rock na abertura do 6º Cachoeiro Food Beer

quadrilha-festa-junina-17-05-2024

Inscrições abertas para festival de quadrilhas juninas em Cachoeiro

prf-salva-bebe-engasgado-17-05-2024

Desespero na BR 262: bebê engasga no carro e pais pedem ajuda na PRF

Ricardo_Ferraço_Mutrião_Mimoso_17_04_24

Ricardo Ferraço entrega obras e assina ordens de serviço em Irupi, Iúna e Santa Leopoldina

casa-rosa-cachoeiro-17-05-2024

Aconselhamentos e palestras sobre saúde mental para mães e gestantes na Casa Rosa

renato-casagrande-departamento-policia-ny-b-16-05-2024

Governador sinaliza possível acordo de cooperação com o Departamento de Polícia de Nova Iorque

ceasa-16-05-2024

Ceasa abre concurso com 35 vagas e salário de até R$ 8,1 mil

Leia mais