dom 16/junho/2024 13:32
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Vista geral de Presidente Kennedy. Foto: PMPK/Facebook

Audiência em Kennedy discute violência e ameaças do Rio de Janeiro no Litoral Sul

Erika Santos

A Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa realiza na próxima quarta-feira (23) uma audiência pública em Presidente Kennedy. Na pauta estão assassinatos em municípios vizinhos e ameaças que possam surgir do Rio de Janeiro.

O encontro será realizado às 18h30, no Auditório Seme III, próximo à Igreja Católica. Foram convidados para a reunião autoridades das Polícias Civil e Militar, dos Legislativos e Executivos estadual e municipais da região litorânea sul, entre outros. A população também poderá participar.

De acordo com o presidente da Comissão de Segurança, deputado Danilo Bahiense (PSL), o pedido de audiência pública em Presidente Kennedy foi feito à comissão em outro encontro, em Rio Novo do Sul, no dia 21 de agosto. 

“Àquela ocasião, um dos pedidos feitos pelos moradores e políticos da cidade estava relacionado ao reforço do patrulhamento nas divisas com o Rio de Janeiro”, afirma Bahiense.

Assassinatos

Crimes contra a vida em Marataízes e Itapemirim também serão discutidos na audiência. 

Marataízes registrou aumento nos homicídios, passando de 3, de janeiro até o início da segunda quinzena de outubro de 2018, para 10, no mesmo período de 2019. Itapemirim, por sua vez, tem leve redução, passando de 7 assassinatos, em 2018, para seis, em 2019.

Por conta do crescimento de homicídios em Marataízes, a Área de Segurança Integrada Pública 18, que reúne Itapemirim, Marataízes, Rio Novo do Sul e Presidente Kennedy, registra 17 homicídios em 2019, contra 13 do mesmo período do ano passado, que vai de janeiro até o início da segunda quinzena de outubro.

“Certamente vamos ficar atentos a essa realidade. O importante é engajar todos os cidadãos para que participem e contribuam a melhorar a segurança. É um dever de todos nós. Por exemplo, um ambiente organizado, com boa limpeza, iluminação adequada e saneamento básico é muito menos propenso a crimes do que outro completamente desorganizado”, relata Bahiense.

Nas audiências anteriores, em Rio Novo do Su e em Guaçuí, moradores pediram reforço no patrulhamento nas divisas com o Rio de Janeiro e instalação do videomonitoramento para ajudar no trabalho de segurança pública. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

morte-rio-itapemirim-15-06-2024

Morte misteriosa: Corpo encontrado preso entre pedras sob ponte da Ilha da Luz

casagrande-divino-de-sao-lourenco-15-06-2024c

Casagrande libera pacote de obras em Divino de São Lourenço

acidente-carro-caminhao-15-06-2024

Batida entre caminhão e Fiat Strada deixa motorista ferido em Cachoeiro

lula-15-06-2024

Lula classifica de insanidade proposta que equipara aborto a homicídio

missao-amazonia-14-06-2024

Batistas de Cachoeiro participam de missão de amor e assistência na Amazônia

prisao-apreensao-mimoso-14-06-2024

100 kg de maconha trazidas do RJ para o ES são apreendidas em Mimoso do Sul

anderson_freire

Anderson Freire doará cachê de show na Festa de Cachoeiro para entidades sociais

vista-cachoeiro-14-06-2024

Cachoeiro facilita abertura de empresas com novas medidas de desburocratização

Leia mais