qua 22/maio/2024 12:11
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura

Audiência na Assembleia debate criação de hospital público no ES para pets e castração

Erika Santos

Audiência realizada pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa debateu um tema que vem preocupando gestores públicos e protetores dos animais: a falta de uma política de estado para reduzir o número de animais abandonados no Espírito Santo.

Entre as propostas apresentadas durante o encontro, ocorrido na última quinta-feira (3) está a construção de um hospital público para os pets.

Abandono

Segundo a ativista Elbamar Caversan, que defende a causa animal no Conselho Popular de Vitória (CPV), na Capital há cerca de 40 mil animais abandonados.

Em todo o Espírito Santo esse número chegaria a 400 mil, haja vista projeção da Organização Mundial de Saúde (OMS) que estima em 10% da população mundial o número de animais de rua.

A ativista defendeu a construção de um hospital público no Estado voltado para a castração e tratamento de cães, gatos e outros animais domésticos. 

“São Paulo tem cinco hospitais. Está na hora do Espírito Santo ter um”, defende.

De acordo com ela, pesquisas apontam que, para cada R$ 1 investido na saúde dos animais, o estado economiza R$ 27 na saúde humana, prevenindo a raiva e outras doenças. 

A ativista também que as vacinas V10 e V8, que previnem uma série de doenças, como cinomose, parvovirose e hepatite infecciosa canina, sejam gratuitas.

Dados da OMS indicam que, enquanto o crescimento da população brasileira é de 3,6% ao ano, o de animais é de 62%. 

Parcerias com clínicas

Já o responsável pelo Centro de Informações Estratégicas e Respostas em Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Gilton Almada, defende que seja priorizada a realização de Parcerias Público-Privadas (PPPs) com clínicas veterinárias para castrações e tratamento de animais. 

Ele afirma que essas parcerias com clínicas privadas seriam positivas pois elas contam com estrutura exigida para esse tipo de serviço. Segundo Gilton, a isso já é feito em vários municípios. 

Para Gilton, outra limitação refere-se à escolha do local onde instalar um hospital público para assistência aos animais. 

“Onde ele seria construído? Se ficar muito longe das camadas mais pobres, vai acabar atendendo os bichos adotados pela classe média, que dispõe de recursos para pagar por isso”, avaliou. 

Audiência pública foi promovida pela Comissão de Saúde. Foto: Tati Beling/Ales

Castrações ilegais

A qualidade do serviço a ser prestado nos programas de castração caso sejam implantados pelo Estado é motivo de preocupação para o presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-ES), Anderson Borsoi.

Ele alertou para que ações desse tipo obedeçam às regras da Resolução 962/2010, do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), que normatiza os procedimentos para esterilização cirúrgica de cães e gatos em mutirões.

Dor na cirurgia

Borsoi relatou que o CRMV investiga atualmente 70 casos de cirurgias de castrações no Estado com indícios de descumprimento dos critérios impostos pelo dispositivo. 

Segundo ele, a maioria dos casos se refere a cirurgias em que os operados tiveram dor, devido à aplicação apenas de sedativo, e não de anestesia.

“O animal sente muita dor, mas a castração acontece, pois ele não se mexe, já que está sedado e imobilizado. Estamos investigando e os responsáveis (pelas castrações ilegais) serão punidos”, assegurou. 

Castra-Móvel

Na avaliação do presidente da Comissão de Saúde, deputado Hércules Silveira (MDB), é preciso garantir nos orçamentos do Estado e dos municípios recursos para a implantação das políticas de castração e proteção aos animais.

“Vamos levar todas as demandas apresentadas aqui (na audiência) ao governador Renato Casagrande e aos técnicos do governo ligados ao tema”, disse. 

Uma das opções apontadas pelo parlamentar é a implantação do Castra-Móvel, veículo adaptado com equipamentos cirúrgicos para esterilização de cães e gatos.

O deputado disse que chegou a reservar, por meio de emenda orçamentária, R$ 140 mil para a Prefeitura de Vila Velha, na gestão anterior, para a compra do veículo, mas o serviço não foi implantado.

frio-parque-nacional-caparao-21-05-2024 (1)

Frio abaixo de zero e geada transformam paisagem do Parque Nacional do Caparaó

peter-costab-21-05-2024

Golpista clona número do prefeito e faz vítimas em Mimoso do Sul

arroz-20-05-2024

Procon notifica supermercados em Cachoeiro para não aumentarem o preço do arroz

sala-do-empreendedor-mei-20-05-2024

Começa a Semana do MEI em Cachoeiro. Veja como participar das capacitações gratuitas

apreensao-bebidas-PRF-20-05-2024

PRF apreende 2,1 mil litros de bebidas sem nota fiscal em Mimoso do Sul

militares-es-rio-grande-do-sul-b-20-05-2024

Governador envia mais militares para reforçar proteção de abrigos no RS

acidente-br-101-20-05-2024 - 1

Duas pessoas morrem na BR 101 no mesmo local em que 5 perderam a vida no mês passado

cruzamento-etelvina-vivacqua-linha-vermelha-nova-brasilia-zumbi-20-05-2024

Trecho da Linha Vermelha interditado por 30 dias para obras de pavimentação

Leia mais