Banestes renegocia dívidas de R$ 500 mil a R$ 1 milhão até 30 de novembro

Banestes renegocia dívidas de R$ 500 mil a R$ 1 milhão até 30 de novembro
Banestes renegocia dívidas de R$ 500 mil a R$ 1 milhão até 30 de novembro
Redação Dia a Dia

O Banestes participa, até o dia 30 de novembro, do Mutirão Nacional de Negociação de Dívidas e Orientação Financeira.

A iniciativa é da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e bancos associados, em parceria com o Banco Central do Brasil, Senado Federal e Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) e podem solicitar a renegociação clientes pessoa física ou jurídica, com dívidas judicializadas ou não.

O Banco avaliará a possibilidade de concessão de até 100% de desconto em todos os juros, correção e multa, além de definir um novo prazo de parcelamento da dívida, que pode chegar a 99 meses.

Os clientes que pagarem à vista terão descontos maiores. Podem ser renegociados todos os produtos disponibilizados pelo Banestes, entre eles contratos de antecipação de Imposto de Renda, crédito pessoal, microcrédito, antecipação do 13º salário, cheque especial e cartão de crédito.

É necessário que as dívidas não ultrapassem o valor de até R$ 500 mil para clientes pessoa física (PF) e R$ 1 milhão para clientes pessoa jurídica (PJ). Em ambos os casos, o atraso deve ser superior a 60 dias.

Basta clicar na aba “Créditos” e escolher a opção “Renegociação de Dívidas”, ou clicar direto no link  wwws.banestes.com.br/netib/FaleRenegociacao. Após preencher o formulário, o cliente receberá retorno pelo telefone ou endereço de e-mail informado para negociação.

Caso o cliente não tenha acesso à internet, o Banestes orienta que a renegociação seja feita na rede de agências do banco para que a dívida seja avaliada pelo gerente.  Outra orientação é que o atendimento on-line seja priorizado em função da pandemia.

Uma página específica (www.mutirao.febraban.org.br) foi desenvolvida para o consumidor consultar débitos e obter orientação financeira. Na página, entre outras ferramentas, o interessado encontrará link para o Registrato, sistema do Banco Central por meio do qual é possível acessar, entre outros, o Relatório de Empréstimos e Financiamentos (SCR), que contém a lista de dívidas em seu nome junto às instituições financeiras.

 

SAIBA MAIS

– Período: 1º a 30 de novembro.

– Públicos-alvo: a campanha nacional é voltada para pessoas físicas. Porém, por conta do Feirão Acordo Fácil, promovido pelo próprio Banestes, podem participar pessoas físicas ou jurídicas, com dívidas judicializadas ou não, com valor de até R$ 500 mil para clientes pessoa física (PF) e R$ 1 milhão para clientes pessoa jurídica (PJ). Em ambos os casos, o atraso deve ser superior a 60 dias.

– Benefício:  condições diferenciadas de negociação, como até 100% de desconto em todos os juros, correção e multa, além de opções de parcelamento em até 99 meses.

– Link para renegociaçãowwws.banestes.com.br/netib/FaleRenegociacao.

Ultimas Notícias