qui 20/junho/2024 18:39
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Foto ilustrativa: Pixabay

Cachoeirense que ficou sem transporte após cirurgia em Vitória será indenizado

redacao
Redação Dia a Dia

Um morador de Cachoeiro de Itapemirim, que ficou sem assistência para retornar de Vitória após uma cirurgia, será indenizado pelo município em R$ 10 mil por danos morais e em R$ 300 por danos materiais.

O homem contou que foi transportado pelo município no dia 13 de novembro de 2019 para ser submetido a uma cirurgia agendada em hospital localizado na capital e recebeu alta na manhã do dia seguinte, sendo solicitado um motorista do requerido para seu retorno.

O Setor de Transportes teria informado, então, que o motorista responsável entraria em contato.

Entretanto, depois de várias tentativas sem sucesso, e como não poderia permanecer no hospital após a alta médica, além de estar sem alimentação regular e sem os medicamentos necessários para o pós-operatório, o autor teve que contratar um carro particular no dia 16 de novembro para voltar a Cachoeiro.

Em sua defesa, o município afirmou inexistência de conduta omissiva culposa, além de culpa exclusiva de terceiro, pugnando pela improcedência dos pedidos autorais.

Retorno digno

Entretanto, o juiz do 1º Juizado Especial Criminal e da Fazenda Pública de Cachoeiro de Itapemirim, ao analisar as provas apresentadas nos autos, entendeu que o requerido deixou de adotar as medidas administrativas para garantir ao paciente um retorno digno ao seu domicílio, após a cirurgia.

“Percebe-se que o setor responsável foi acionado e assegurou que o motorista responsável entraria em contato com o paciente, o que não ocorreu. O autor não foi acionado pelo motorista nem para agendar o transporte, nem para ser comunicado da impossibilidade da realização do translado”, diz a sentença.

Trecho da sentença

Ao decidir que as provas apresentadas foram capazes de demonstrar a ocorrência do dano, o nexo causal e a conduta omissiva culposa da administração municipal, o juiz fixou em R$ 10 mil a indenização a ser paga pelo município ao autor da ação, a título de danos morais.

O requerente também deve receber o pagamento de R$ 300 relativos ao valor gasto com o transporte de Vitória para Cachoeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

encontro-coral-corais-19-06-2024

Encontro de Corais reúne sete grupos na Catedral de São Pedro

obras-corrego-dos-monos-19-06-2024

Obras melhoram a infraestrutura urbana de Córrego dos Monos

prisao-guacui-19-06-2024

Homem preso em Guaçuí com drogas e aliciando menores 14 dias após deixar a cadeia

picapes-celina-alegre-19-06-2024b

Duas pessoas ficam feridas após acidente entre picapes em Alegre

pintor-eletrocutado-nova-brasilia-19-06-2024

Pintor é eletrocutado enquanto trabalhava em igreja no bairro Nova Brasília

Justiça suspende vídeos de youtubers que atuam na área policial

Justiça suspende vídeos de youtubers que atuam na área policial

festa-junina-quadrilha-18-06-2024

Começa a Feira São João Art’s na Praça em Cachoeiro. Confira a programação

bomba-costal-dengue-13-06-2024

Queda de 77% nos casos confirmados de dengue em Cachoeiro

Leia mais