Vista geral de Cachoeiro. Foto: PMCI

Cachoeiro vai abrir 1 mil empregos em novos empreendimentos

Cachoeiro vai abrir 1 mil empregos em novos empreendimentos

Pelo menos 1 mil empregos devem ser gerados em Cachoeiro de Itapemirim com a instalação de novos empreendimentos, que prometem movimentar a economia da cidade, segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec).

Entre eles, está a instalação da fábrica da Suzano – que, inicialmente produzirá papel higiênico -, com previsão de entrar em funcionamento na segunda quinzena de fevereiro. Além dos 300 empregos diretos e indiretos durante as obras, a fábrica deverá gerar 200 postos de trabalho diretos na primeira fase de produção, número que deverá ser elevado, gradativamente, à medida que novos produtos da marca forem inseridos na produção.

A nova loja do Perim Supermercados, no bairro Paraíso, tem previsão de inauguração no segundo semestre deste ano. A expectativa é de que possa gerar 530 vagas de trabalho, sendo 180 de forma direta e 350 indiretas.

“A enchente de janeiro de 2020 e o surgimento da pandemia tiveram impacto nas atividades econômicas. Ainda assim, temos um trabalho muito bem sustentado para o desenvolvimento econômico de Cachoeiro. A instalação desses empreendimentos é resultado direto disso. Não foi por acaso que, em recente pesquisa nacional, com mais 400 cidades, Cachoeiro foi classificada como a segunda melhor para se investir no Espírito Santo, ficando atrás apenas de Vitória”, afirma o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Francisco Mantovanelli.

Mais lojas

Uma unidade da rede Riachuelo é mais uma loja a ser inaugurada em breve em Cachoeiro, no Shopping Sul, gerando cerca de 60 empregos. Já a empresa Multipel deu início às obras de terraplanagem para a construção de galpões e indústria de sacolas e embalagens, com 40 vagas.

E está em fase de prospecção a possível instalação no município de uma das lojas de departamento da empresa Havan. O início das obras de construção do Porto Central de Presidente Kennedy, previsto para acontecer no primeiro semestre deste ano, também deverá demandar mão de obra de Cachoeiro.

Incentivos

Segundo a prefeitura, uma série de ações vem sendo realizadas nos últimos anos para melhorar o ambiente de negócios e facilitar a atração de novos investimentos no município.

Dentre as medidas, está o sancionamento da Lei Municipal 7.529, de 2017, que flexibilizou a abertura de empresas em condomínios, o funcionamento de empresas de diferentes ramos em um mesmo local e o processo de encerramento de atividades empresariais. Já o decreto 28.602, de 2019, regulamenta uma lei federal para suprir e simplificar exigências desnecessárias ou superpostas.

Com os decretos 29.050, de 2019, e 29.965, de 2020, a prefeitura estabeleceu autorização para que 501 tipos de negócios possam ser abertos sem necessidade de licença e alvará prévios. Outro importante regramento é a lei municipal 7.692, que estabelece a concessão de incentivos fiscais para a abertura de empresas em Cachoeiro.

Vale destacar, ainda, que, desde 2019, a prefeitura conta com a Comissão Técnica de Desburocratização, que avalia procedimentos e elabora normativas para simplificar os procedimentos de abertura e regularização de empresas.

“O poder público municipal tem feito todo o possível para melhorar o ambiente de negócios em Cachoeiro, facilitar a abertura de empreendimentos, gerar emprego e renda e mais qualidade de vida para os cachoeirenses. O trabalho técnico das nossas equipes para a elaboração de normativas em consonância com a realidade atual tem sido impecável”, destaca o prefeito Victor Coelho.

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz