sex 1/março/2024 11:41
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Foto: Reprodução redes sociais

Capixaba gerente de restaurante é assassinada na Paraíba após entrevista de emprego

redacao
Redação Dia a Dia

A capixaba Mayara Valéria de Barros Ramalho Leite, de 36 anos, foi assassinada a tiros na última sexta-feira (12) dentro do Mangabeira Shopping, em João Pessoa, Paraíba, onde trabalhava como gerente de um restaurante local.

Ela foi vítima de Luiz Carlos Rodrigues dos Santos, de 47 anos, que teria cometido o crime após uma entrevista de emprego frustrada.

Segundo relatos da polícia, Luiz Carlos, após não obter resposta à entrevista de emprego, sacou uma arma no interior do restaurante e disparou cinco vezes contra a vítima. A gerente, atingida nas costas, na axila direita e na perna direita, foi encaminhada à enfermaria do shopping, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar da Paraíba, coronel Benevides Pessoa, informou que o agressor alegou sentir-se discriminado por ser de origem humilde, após ter deixado um currículo no estabelecimento há um mês e meio. O suspeito, indignado pela falta de retorno, confrontou a vítima, resultando na tragédia.

O criminoso, após o homicídio, fez dois reféns no local, sendo posteriormente contido pela polícia. Ocorrências de pânico e tensão marcaram o episódio, com evacuação do shopping e negociações para a liberação dos reféns, culminando na prisão de Luiz Carlos após uma hora de tensas negociações.

Mayara Valéria de Barros Ramalho Leite era natural da Serra e morava em João Pessoa há nove anos. Antes de se mudar para a Paraíba, ela chegou a gerenciar um restaurante no seu estado natural.

A vítima, casada e mãe de dois filhos, de 10 e 4 anos, será sepultada na Serra, segundo informações da família.

O suspeito, residente no bairro Valentina, responderá por tentativa de homicídio contra policiais e homicídio qualificado por motivo fútil, descartando-se a possibilidade de assalto ou tentativa de feminicídio, conforme afirmou a polícia.

moto_clonada

Mulher é detida com moto clonada em Jerônimo Monteiro

crack

Polícia Militar apreende drogas em São José do Calçado

moto_cachoeiro

GCM de Cachoeiro apreende moto clonada no bairro Vila Rica

Casteglione

PT lança Casteglione pré-candidato de Cachoeiro nesta sexta-feira

RampadoMirante_VargemAlta (1)

Aprovado projeto sobre rampa de voo livre entre Cachoeiro e Vargem Alta

2º Prêmio da Música Capixaba - crédito_Amanda Miranda (2)

3º Prêmio da Música Capixaba: inscrições só até hoje

Veraldino_Marinho

29 de fevereiro, o dia de quem comemora aniversário a cada quatro anos

PRF

PRF faz sequência de prisões e apreensões em quatro cidades do ES

Leia mais