sáb 20/abril/2024 04:39
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Foto: PRF/ES

PRF registra redução de acidentes e mortes nas estradas capixabas durante Carnaval

redacao
Redação Dia a Dia

A Polícia Rodoviária Federal encerrou à meia-noite desta quarta-feira de cinzas (14) a Operação Carnaval 2024, marcada por expressiva redução da gravidade nas rodovias federais do ES.

O período da operação, que teve início na sexta-feira (9),  apesar de ter sido de tráfego intenso nas rodovias federais em condições climáticas instáveis, registrou queda de 42% no número de acidentes, 53% nos feridos e 75% na quantidade de mortos durante o feriadão, quando comparamos com os números da Operação Carnaval 2023.

A PRF direcionou o foco para a fiscalização de velocidade, de ultrapassagens proibidas e da mistura álcool e direção. Mas, ainda que o resultado seja de redução na gravidade, nos seis dias de operação, foram registradas ocorrências quase sempre associadas ao comportamento irresponsável dos motoristas.

Nos cerca de mil quilômetros de malha federal, ocorreram 28 acidentes, sendo 12 considerados graves. 29 pessoas ficaram feridas e uma morreu. O acidente com morte, atropelamento de pedestre, foi registrado na BR-101, km 132, em Linhares, por volta de 21h30, do domingo (12).

Principais infrações:

Excesso de velocidade – 7.043

Ultrapassagem proibida – 527

Veículo em mau estado de conservação ou defeito equipamentos/sistema iluminação – 220

Deixar de usar o cinto segurança – 170

Conduzir o veículo registrado que não esteja devidamente licenciado – 109

Dirigir veículo sem possuir CNH/PPD/ACC – 67

Dirigir veículo com validade de CNH/PPD vencida há mais de 30 dias – 32

Condutor sob efeito de álcool – 25

Além do excesso de velocidade e das ultrapassagens proibidas, as principais infrações flagradas pela PRF foram irregularidades com má conservação do veículo ou falta de equipamentos obrigatórios e documentação. Um total de 67 condutores foram flagrados dirigindo sem possuir habilitação. Excluindo flagrantes de velocidade, foram registrados 1.694 multas de infrações.

Principal fator do agravamento de acidentes em rodovias federais, o excesso de velocidade foi encarado como prioridade de fiscalização durante o Carnaval. O uso de radares em todas as rodovias federais do Espírito Santo resultou em mais de 7 mil flagrantes de imprudência.

No combate à combinação álcool e direção, mais de 1.300 motoristas foram submetidos ao teste de embriaguez, sendo que 25 foram autuados por consumir bebida alcoólica antes de dirigir ou por se recusarem ao fazer o teste que constata o consumo de álcool. Eles pagarão multa de R$ 2.934,70 e terão o direito de dirigir suspenso por um ano.

Mesmo com o foco em segurança viária, as ações da PRF também tiveram o olhar para o combate ao crime. Em seis dias de Carnaval, foram presas 13 pessoas em flagrante.

Números da Operação Carnaval 2024

Pessoas consultadas/fiscalizadas – 4.911

Veículos consultados/fiscalizados – 4.402

Animais retirados da pista – 04

Testes de alcoolemia – 1.390

Veículos retidos ou recolhidos ao depósito – 259

Fiscalizações de ultrapassagens – 453

Ações de combate à criminalidade – 49

Fonte: Setor de Operações da PRF no ES

premobras_19_04_24

Premobras anuncia 100 vagas de emprego exclusivas para moradores de Mimoso

Usina_Biometano_Governador_19_04_24_

Espírito Santo vai receber primeira Usina de Biometano para uso industrial e residencial

Corrida_de_São_Pedro_19_04_24

Garanta sua vaga na 44ª Corrida de São Pedro

Ricardo_Ferraço_Mutrião_Mimoso_17_04_24

Ricardo Ferraço quer crédito barato e com muito prazo para setor comercial atingido pela enchente

Rei_dos_Petiscos08_19_04.24.jpg.

Rei dos Petiscos enfrenta dificuldade para se reerguer após temporal em Mimoso

Termina hoje as inscrições para estágio em 8 cursos de graduação no Ministério Público

Termina hoje as inscrições para estágio em 8 cursos de graduação no Ministério Público

Fibromialgia_PCDs_18_04

Pacientes com fibromialgia passam a ter os mesmos direitos de pessoas com deficiência (PCDs)

cachoeiro

Cachoeiro de Itapemirim sedia Inova ES e Feira de Cidades Inteligentes

Leia mais