ter 5/março/2024 04:50
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Imóvel fica localizado na rua 25 de Março Foto: Divulgação/PMCI

Casa onde Rubem Braga cresceu tem exposição especial aberta à visitação

redacao
Redação Dia a Dia

Janeiro é o mês de nascimento de uma das personalidades mais ilustres de Cachoeiro: Rubem Braga, a maior referência em crônicas da literatura brasileira. Para aqueles que desejam conhecer um pouco sobre a história do escritor, uma excelente opção é visitar a casa na qual viveu sua infância.

Localizada na rua Vinte e Cinco de Março, Centro da cidade, o casarão verde se destaca. Construído em 1906, o imóvel foi adquirido, anos mais tarde, por Francisco de Carvalho Braga, primeiro prefeito da cidade e pai de sete filhos, entre eles Rubem e o também escritor Newton Braga (1911-1962).

O Centro Cultural, atualmente, abriga um importante e vasto acervo da família, como móveis originais, documentos, fotografias, livros e muitos outros itens que celebram seus antigos moradores e sua herança cultural para Cachoeiro.

Entre os diversos registros históricos, estão reproduções de desenhos e quadros dedicados a Rubem Braga ou criados como ilustrações de suas crônicas. São imagens de Djanira, Di Cavalcanti, Dorival Caymmi, Cândido Portinari e outros nomes de grande relevância no cenário artístico nacional e internacional.

Além disso, os visitantes também podem conferir, no local, uma estátua do cronista em tamanho real, feita com papel machê, reproduzindo, com fidelidade, sua fisionomia.

Deste mês até março, no primeiro pavimento em frente à Praça da Poesia, está a exposição do “Braganiano”, ação de homenagem a Rubem Braga.

Neste ano, na mostra “Trilhos de Palavras”, o visitante poderá ver a história da família Braga se desenvolvendo junto com a cidade e a expansão da ferrovia – duas potências que deram destaque e visibilidade, no cenário nacional, para Cachoeiro. A mostra estará aberta ao público, até março, de segunda a sexta, das 8h às 18h, com entrada gratuita.

O público pode, também, visitar a casa, gratuitamente, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

No imóvel, servidores da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult) de Cachoeiro esclarecem dúvidas e apresentam o acervo aos visitantes.

Para grupos com grande quantidade de pessoas, a Semcult orienta o agendamento da visita, o que pode ser feito pelo e-mails [email protected].

Alegre_Caparao

Cachoeiro e Alegre recebem oficinas para construir plano “ES 500 anos”

GCM

Guarda Municipal apreende moto com placa adulterada em Cachoeiro

envelhecimento

Geração Z sofre de envelhecimento precoce. Por quê?

arma

Polícia Militar prende suspeito de tentativa de homicídio em Alegre

Comercio_tiros

Vídeo: Homem invade comércio e atira em duas pessoas em Divino São Lourenço

arte

Cachoeiro promove ações em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

Pe_de_Meia

MEC lança Programa Pé-de-Meia no Espírito Santo

pipa2

Soltar pipa passa a ser considerado esporte no Espírito Santo, mas sem cerol

Leia mais