Homem ficou em cima da cabeça da estátua, sem qualquer equipamento de segurança. Foto: Beto Barbosa

Comandante da PM de Mimoso alerta prefeito sobre risco de acidente no Cristo

Comandante da PM de Mimoso alerta prefeito sobre risco de acidente no Cristo
Alessandro Araujo de Paula

O major Nério Pereira da Silva Filho, comandante da 15ª Cia Independente da Polícia Militar, informou nesta sexta-feira (20) que vai solicitar ao prefeito do município, Peter Costa, que feche o acesso às áreas perigosas do Cristo Redentor, como braços e cabeça.

O alerta dele foi dado logo após tomar ciência de que um homem escalou a cabeça do monumento, situado no topo do monte, a 128 metros de altitude, para tirar selfie.

A presença da pessoa no topo do Cristo, monumento turístico da cidade, chamou a atenção de muitos moradores, que ficaram com medo de que ele caísse ou pulasse. Moradores relatam que há casos de suicídios no local.

Após se arriscar, a pessoa que subiu ao topo ainda postou um vídeo nas redes sociais. Veja o vídeo abaixo.

“Entendemos que é extremamente arriscado e desnecessário o cidadão se expor ao risco de morte para o efeito de as vezes tirar uma foto”, destacou o major.

Ele ressaltou que não foi gerada ocorrência e que a PM não foi acionada. Mas a informação é de que mais pessoas da cidade estaria subindo ao Cristo. “É um local de extremo risco. É uma conduta inadequada, irresponsável e que pode gerar sérios danos à vida da própria pessoa”, relatou.

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura já havia se manifestado sobre o assunto dizendo que desconhece que tenha havido suicídios no espaço, mas admitiu que a atual gestão assumiu há oito meses com o monumento abandonado. Afirmou que fez várias limpezas e iluminação no local, que estava muito escuro.

A prefeitura complementou que tem outras prioridades, mas a revitalização do monumento ao Cristo está no planejamento e será feito no local um serviço completo. O prazo não foi informado.

 

Ultimas Notícias