qui 20/junho/2024 21:44
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Foto ilustrativa: Pixabay

Confira uma lista de alimentos que podem influenciar na saúde mental

redacao
Redação Dia a Dia

Você sabia que o que você come pode interferir na nossa saúde mental? Com o início de setembro e da campanha de conscientização para a prevenção do suicídio, por meio do Setembro Amarelo, o setor de Nutrição do Hospital Estadual Infantil e Maternidade Dr. Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha, administrado pelo Instituto Gnosis, aponta uma série de dicas que podem influenciar para um maior bem-estar da mente.

O cérebro pode estar precisando de um suporte nutricional e a falta de vitaminas do complexo B e os possíveis gatilhos na alimentação, como excesso de farinhas brancas, açúcar, alimentos industrializados ou cafeína em excesso, costumam gerar no organismo um processo inflamatório.

O alto consumo destes alimentos está relacionado aos sintomas, como alteração de humor, falta de memória, déficit de atenção, hiperatividade, depressão, ansiedade, sono alterado, cansaço excessivo e dores de cabeça.

Para “alimentar bem” o seu cérebro, a nutricionista do Himaba, Lívia Nunes Moreira, listou algumas dicas: “Consuma boas fontes de gorduras, como abacate, castanhas, azeite, sementes e peixes ricos em ômega 3 (sardinha, salmão selvagem). Inclua ainda na sua dieta boas fontes de antioxidantes, que melhoram a circulação e previnem o envelhecimento celular, como cúrcuma, açaí, frutas vermelhas, chás (hibisco, chá verde, por exemplo) e vegetais verdes; e controlam o estresse”, explicou.

A profissional esclarece ainda que o excesso de cortisol (hormônio liberado em períodos de estresse) pode provocar a morte de neurônios e prejudicar áreas do cérebro relacionadas à memória, concentração e humor. “Técnicas de meditação e respiração podem ajudar a controlar os níveis de estresse, bem como atividades como o yoga”, afirmou Lívia Nunes.

Confira algumas dicas

• Consumir uma quantidade adequada de proteína é fundamental, já que a função cerebral depende de neurotransmissores que são dependentes dos aminoácidos, presentes principalmente nas proteínas.

• Exercite-se. Estudos mostram que pessoas que praticam atividade física retardam a redução do hipocampo, parte do cérebro responsável pela memória.

• Evite glutamato monossódico presente no molho shoyo e em outros produtos industrializados, uma vez que funciona como um neurotransmissor ao cérebro, que pode levar à agitação extrema e elevação dos níveis de estresse. Leia sempre os rótulos dos alimentos para identificar esse composto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Corrida_São_Pedro_Cachoeiro_09_04_2024

Começa a entrega dos kits da Corrida de São Pedro

PRF Policia-Rodoviaria-Federal-BRA-31-12

Cai número de acidentes provocados por ingestão de álcool nas rodovias federais

encontro-coral-corais-19-06-2024

Encontro de Corais reúne sete grupos na Catedral de São Pedro

obras-corrego-dos-monos-19-06-2024

Obras melhoram a infraestrutura urbana de Córrego dos Monos

prisao-guacui-19-06-2024

Homem preso em Guaçuí com drogas e aliciando menores 14 dias após deixar a cadeia

picapes-celina-alegre-19-06-2024b

Duas pessoas ficam feridas após acidente entre picapes em Alegre

pintor-eletrocutado-nova-brasilia-19-06-2024

Pintor é eletrocutado enquanto trabalhava em igreja no bairro Nova Brasília

Justiça suspende vídeos de youtubers que atuam na área policial

Justiça suspende vídeos de youtubers que atuam na área policial

Leia mais