Conselheiro diz que Prefeitura de Cachoeiro agiu certo ao devolver carne

Conselheiro diz que Prefeitura de Cachoeiro agiu certo ao devolver carne

O vice-presidente do Conselho de Alimentação Escolar, Cláudio Vilarinho Moraes, afirma que a prefeitura agiu corretamente ao devolver o lote de carne de porco que era destinado à merenda dos estudantes de Cachoeiro de Itapemirim.

A carne foi adquirida pela prefeitura e entregue em maio. No entanto, durante trabalho de inspeção, realizado na semana passada, servidores identificaram “não-conformidades” em parte dos pacotes de carne suína congelada.

“Diante do fato, de modo imediato e preventivo, visando à segurança alimentar dos alunos, a Seme – Secretaria Municipal de Educação – determinou a todas as escolas da rede a suspensão do uso do produto constante desse lote, que tem prazo de validade até 2022”, disse em nota a prefeitura.

Segundo Cláudio Vilarinho, o que ocorreu foi que a empresa fornecedora havia apresentado anteriormente uma amostra do produto com uma determinada qualidade. O produto foi testado e aprovado.

No entanto, explicou, a carne que foi efetivamente entregue às escolas não apresentava as mesmas características da amostra. “A empresa apresentou uma coisa e entregou outra. E a prefeitura automaticamente suspendeu tudo. Agiu certo”, afirmou o vice-presidente.

Segundo a prefeitura, a empresa foi notificada a substituir a carne. O município destacou ainda que os estudantes não consumiram o produto, ressaltando que não vai haver prejuízo na qualidade da alimentação dos estudantes.

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz