Rogério Fraga Botelho (Foto: Reprodução)

Escrivão da Polícia Civil em Cachoeiro morre vítima de Covid-19

Escrivão da Polícia Civil em Cachoeiro morre vítima de Covid-19
Escrivão da Polícia Civil em Cachoeiro morre vítima de Covid-19
Redação Dia a Dia
Rogério Fraga Botelho (Foto: Reprodução)

O escrivão da Polícia Civil, Rogério Fraga Botelho, de 61 anos, morreu na manhã desta terça-feira (8), vítima da Covid-19. Ele estava internado desde o dia 1º de outubro, no hospital Unimed em Cachoeiro de Itapemirim.

Após a internação, Rogério precisou ficar entubado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) da ala dos infectados. Semanas depois, foi transferido para a UTI comum do hospital para tratar as complicações da doença.

Há 25 anos como escrivão, Rogério atuou antes como investigador da Polícia Civil, e também trabalhou na Santa Casa de Cachoeiro e no Hospital Dório Silva, na Serra. Há mais de 20 anos, ele trabalhava no Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro.

Querido entre os colegas de trabalho, Rogério era conhecido como ser comprometido com o trabalho e atuava sempre pensando no bem-estar do próximo. “Perdemos, acima de um excelente profissional, um grande amigo. Cachoeiro perde uma grande pessoa”, disse uma colega.

Na semana passada, Rogério perdeu um irmão pela mesma doença. Ele deixa uma filha e dois netos.

Ultimas Notícias