Urna eletrônica usada nas eleições. Foto: TSE

Espírito Santo tem mais de 2,8 milhões de eleitores aptos a votar

Espírito Santo tem mais de 2,8 milhões de eleitores aptos a votar
Espírito Santo tem mais de 2,8 milhões de eleitores aptos a votar
Redação Dia a Dia

O Espírito Santo tem 2.810.132 eleitores estão aptos a votar nas eleições 2020. O perfil do eleitorado apto a votar no Estado foi divulgado nesta sexta-feira (7) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na última quarta-feira (5), o presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, informou o quantitativo de eleitores brasileiros e atualizou o número por Estado.

Os números mostram que houve uma evolução de 3,45% do eleitorado em relação às últimas eleições municipais (2016), quando 2.716.371 pessoas estavam aptas a exercer o direito de escolher seus representantes políticos.

O município que teve o maior aumento do eleitorado foi o Itapemirim, que passou de 27.813 eleitores para 33.544, representando uma evolução de 20,6%. O município que apresentou a maior redução de eleitorado foi São José do Calçado, que caiu 10,3% (em 2016 eram 9.328 e em 2020 serão 8.366).

Itapemirim foi a cidade que mais ganhou eleitores. Foto: Facebook/Itapemirim

Município com a maior população do Espírito Santo, Serra continua a ser o maior colégio eleitoral do Estado, com 327.670 eleitores, com aumento de 6,3%. Na Grande Vitória, a capital tem 251.464 eleitores (aumento de 8%); Cariacica tem 262.414 eleitores (aumento de 2,7%); e Viana tem 48.798 eleitores (aumento de 6,27%). Apenas Vila Velha apresentou redução de eleitorado de 0,44%, com 315.224 aptos a votar.

Gênero e nome social

A maioria do eleitorado do Espírito Santo é formada por mulheres, que representam 52,3% do total, somando 1.470.614. Os homens somam 1.338.621 eleitores, sendo 47,6% do total. Outros 897 eleitores não informaram o gênero ao qual se identificam, representando 0,032% do eleitorado.
Desde 2018, a Justiça Eleitoral passou a permitir o uso do nome social no título de eleitor e, nestas eleições, 161 pessoas utilizarão esse direito no documento.

Grau de instrução

A maior parte do eleitorado informou ter o ensino fundamental incompleto, sendo 744.903 (26,51%) nesta condição. Em seguida, outros 679.808 eleitores (24,19%) disseram ter o ensino médio completo.

Outros 470.539 (16,74%) possuem o ensino médio também incompleto. Apenas 10,17%, ou seja, 285.796 concluíram a graduação superior. Analfabetos representam 3,95% do eleitorado (111.014).

Enquanto em 2016 os eleitores com deficiência eram 9.051, neste ano, 21.879 declararam necessitar de algum tipo de atendimento especial. Houve, portanto, uma evolução de 141,73% de eleitores com deficiência que pretendem votar este ano.

Importante destacar que os dados consideram a declaração do cidadão no momento em que se registrou como eleitor, ou seja, não significa que houve um aumento de pessoas com deficiência.

Biometria

Diante das medidas sanitárias adotadas a partir da pandemia causada pelo coronavírus (Covid-19), a Justiça Eleitoral decidiu excluir o uso da biometria como meio de identificação nas eleições deste ano.

A biometria não será utilizada na próxima eleição. Foto: Roberto Jayme/TSE

No entanto, os dados mostram um avanço significativo na coleta dos dados nos últimos quatro anos.
Enquanto, em 2016, 772.429 pessoas foram identificadas a partir das impressões digitais, e, em 2020, já somam 1.603.844. Esse avanço significa que 57.07% dos eleitores espirito-santenses já estão identificados pela biometria.

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias