Foto: Agerh

Estação que monitora água volta a medir chuva e vazão em Ibitirama

Estação que monitora água volta a medir chuva e vazão em Ibitirama

A estação de medição de chuva, nível e vazão instalada em Ibitirama, no Caparaó capixaba voltou a operar após uma manutenção corretiva da Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh). O equipamento está instalado no rio Braço Norte Direito, afluente do rio Itapemirim.

A estação hidrológica telemétrica, localizada no centro da cidade, ficou quase um ano fora do ar após ser submersa por uma forte enchente na região. Depois de passar por reparos no decorrer de 2020, o equipamento voltou a funcionar no último dia 30 de dezembro.

Dados por satélite

As estações hidrológicas automáticas são equipamentos que monitoram em tempo real os níveis de água dos rios e os acumulados de chuva, armazenando e transmitindo os dados por satélite a cada hora.

A estação fica próxima ao curso de água e, com sensores de pressão e um pluviômetro, registra e transmite os números por meio de uma Plataforma de Coleta de Dados (PCD).

De acordo com o responsável pela Coordenação de Hidrologia, Informação e Pesquisa (Cohip) da Agerh, Luiz Henrique Aquino, o sensor da estação de Ibitirama foi prejudicado pela lama, mas o problema foi totalmente corrigido.

“Já na primeira chuva, no dia 4 de janeiro, a PCD marcou elevação no nível do rio”, atesta o coordenador.

A estação pertence à rede de monitoramento da Agência Nacional de Águas (ANA) e da rede de alerta de eventos críticos do Espírito Santo, o Alerta! ES. O equipamento também vai compor o Sistema de Alerta do rio Itapemirim.

Manutenção

A última manutenção em Ibitirama foi realizada pelos servidores da Agerh, com o apoio da Regional de Proteção e Defesa Civil de Cachoeiro de Itapemirim, da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil e da Prefeitura Municipal de Ibitirama.

“Essa parceria, tanto na manutenção dos aparelhos, quanto na concepção dos sistemas, tratamento e interpretação dos dados, é o que garante os avanços na rede de alerta, tão importante para a prevenção e diminuição dos impactos de eventos hidrológicos extremos no Estado”, destaca Luiz Henrique Aquino.

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz