qua 21/fevereiro/2024 16:38
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Foto: Ifes/Divulgação

Estado do ES vai receber mais duas unidades do Ifes

Lilia-barros-05-09-2023
Lilia Barros

O Espírito Santo vai ganhar mais duas unidades do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). A construção será no campus dos municípios de Muniz Freire e Jaguaré. O Estado também terá a ampliação e melhora do sinal de telefonia móvel rural.

Isso será possível porque o deputado federal Gilson Daniel (Podemos) aprovou três emendas na Lei de Diretrizes Orcamentárias (LDO) que afetarão diretamente a população capixaba e brasileira.

Com a primeira emenda feita na LDO, o parlamentar assegura campus do Ifes nas duas cidades.

A chegada do Instituto contribuirá com a modernização e o desenvolvimento dos municípios, elevando as condições de empregabilidade e qualificando a mão de obra oferecida na região.

Sinal de telefonia

A segunda emenda aprovada garante a  ampliação e melhora do sinal de telefonia móvel rural em todo território nacional. A iniciativa visa o aumento da produtividade, maior mobilidade para o produtor rural, aumento de práticas sustentáveis e redução de custos, entre outros.

“Em 2017, somente 41% das propriedades rurais brasileiras apresentavam acesso à internet. Mesmo antigos, os números não passaram por mudanças significativas. Recebo muitas reclamações de moradores do interior. Com a emenda, vamos trazer mais agilidade na comunicação rural”, afirmou o parlamentar.

Com eventos adversos causados pelas mudanças climática, ações de prevenção têm se tornado cada vez mais importantes.

Mapeamento em áreas de risco

Dessa forma, a terceira emenda aprovada assegura maior investimento no mapeamento de áreas de risco das cidades brasileiras, levando em conta que, em 2020, apenas 1.332 municípios brasileiros tinham registros de mapeamento de áreas de risco de inundação em zonas urbanas.

“É imprescindível que o país tenha maior controle sobre seus dados para que um bom plano de prevenção seja implementado. Estamos atentos e lutando para mais recursos na prevenção de desastres naturais”, destaca Gilson Daniel.

Como funciona as emendas à LDO

O Governo Federal envia para o Congresso Nacional a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), com as informações sobre onde serão aplicados todos os recursos federais, no ano seguinte.

Para o governo ter esse orçamento, o congresso precisa aprovar a LDO. Porém, antes da aprovação, muitos deputados fazem emendas à Lei da presidência. Cada deputado tem suas leis de bancadas, que são as emendas parlamentares.

Qualquer projeto que tramita na Câmara dos deputados ou no Senado, dá abertura para que os parlamentares façam emendas, inclusive eles podem suprimir um artigo ou mudar uma palavra da Lei.

Foi exatamente isso que o deputado Gilson Daniel fez. Ele colocou uma emenda ao projeto que veio do presidente e dentro da LDO acrescentou três emendas que forma aprovadas. Assim, já está garantido na Lei autorização para que o Ministério da Educação construa esses dois Ifes e ainda que o Governo faça a ampliação da telefonia rural no país inteiro.

Foto: Deputado federal Gilson Daniel/Divulgação

Casal_acidente_Anchieta

Prefeitura de Anchieta lamenta morte de servidor e esposa em acidente

secretaria_fazenda_cachoeiro

Refis: prazo para negociação de dívidas termina na segunda-feira (26)

prisao_padrasto_Mimoso

Padrasto que disse que enteada de 12 anos engravidou ao usar toalha é preso pela Polícia Civil

DHPP

Polícia Civil prende suspeito de esfaquear homem até a morte em Conceição de Castelo

acidente_Anchieta

Duas pessoas morrem e duas ficam em estado grave em acidente na BR-101

idosos_golpe

Procon alerta: é preciso ficar atento a golpes contra idosos

Junior_Correa

Júnior Corrêa cumpre intenção e continua até o final do mandato de vereador

futebol-bola-20-02-2024

País do futebol? Desclassificada para as Olimpíadas, a seleção brasileira enfrenta uma crise?

Leia mais