DiaaDiaES.com.br
Renato Casagrande durante pronunciamento. Foto: YouTube/Renato Casagrande

Estado vai anunciar novas restrições para barrar avanço da Covid-19

O governador Renato Casagrande anunciou nesta quarta-feira (18) que na próxima sexta-feira (20) serão anunciadas novas medidas qualificadas para o enquadramento das novas classificações de risco que serão adotadas no Espírito Santo contra a Covid-19 a partir da próxima semana.

“Nesse tempo, nós aprendemos a conviver com a pandemia. Nós, gestores e profissionais de saúde, especialmente. As medidas que estão enquadradas com o risco baixo, moderado, alto. Essa é a nossa bússola. O Mapa de Risco muda na segunda-feira (23). Nos locais que a gente tem o ambiente controlado, como o comércio, que o gerente disponibiliza máscara e álcool em gel, sabe que não pode ter mais de tantas pessoas e que controla isso. Esses ambientes não precisamos ter tantas restrições a ele. Por isso que nós, na sexta-feira (20), iremos apresentar novas medidas qualificadas no enquadramento das novas classificações de risco”, disse Casagrande.

Segundo o governador, se todos não colaborarem, será difícil controlar o avanço da doença em território capixaba.

“Se a situação for se agravando, vamos ampliando as medidas qualificadas. Vamos ter uma menor restrição para os ambientes que têm controle e aumentar para os que têm menos controle, onde as pessoas não usam máscaras e aglomeram. E vamos pedir a colaboração de todo mundo. Se a gente não seguir os protocolos, nós não teremos condições de controlar a doença”, disse.

Casagrande acredita que ainda não esteja acontecendo uma segunda onda da doença no Espírito Santo.

“Nós não estamos vivendo ainda uma segunda onda aqui. Nós achamos ainda que essa é a primeira onda porque nós ainda não zeramos os casos e nem os óbitos. Eu espero que a gente consiga com a colaboração de todos controlar a doença. Mas é bom que registre que nos últimos meses, a interação entre as pessoas aumentou”, destacou o governador.

Reunião de emergência

Durante a tarde, Casagrande participou de uma reunião de emergência nesta quarta para tratar do assunto com representantes da Fecomércio, Findes, Amunes, Ministério Público, Assembleia Legislativa, Igreja Católica, igrejas evangélicas, secretários, entre outros.

O governador se disse preocupado com a proximidade do verão, época em que o Estado costuma receber turistas e as interações entre as pessoas aumentam.

“Vamos enfrentar um verão que precisa ser diferente dos outros. Porque normalmente é de aglomeração maior, de interação maior. Precisamos continuar com os cuidados”, disse.

O governador fez um apelo para que a população não se descuide das medidas de higiene, do uso da máscara e do distanciamento social.

“O que nós estamos pedindo hoje é que a gente continue com os cuidados. Não com o isolamento. O isolamento é para pessoas de risco. Mas do uso de máscara, de higienização, do distanciamento, da não aglomeração. Esse é o único caminho que temos agora. A vacina não chegou ainda”, afirmou.

Carregando....
mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet
%d blogueiros gostam disto: