qui 23/maio/2024 08:28
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura

Exposição ‘O Poema das Cores’ chega a Cachoeiro de Itapemirim

redacao
Redação Dia a Dia

Após iniciar sua itinerância pelo município de Santa Teresa, a exposição de arte interativa “O Poema das Cores” chegou a Cachoeiro de Itapemirim, onde fixa em exibição na Sala Levino Fanzeres, anexa à Casa da Memória, no Centro.

Com entrada gratuita, a mostra segue aberta a visitação até o dia 9 de maio, sempre de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 16h.

“Em Cachoeiro, temos uma expectativa maior em relação à quantidade de público, por ser um município mais populoso e com grande tradição de artistas e de formação de público para a cultura”, afirma a artista e designer de moda Naná Muriel, idealizadora e produtora da exposição – que é fruto de mais de dez anos de pesquisas e realizações.

A partir de poemas de sua autoria e com participação de outros artistas, Naná Muriel desenvolveu um alfabeto colorido e um alfabeto sonoro que permitem decodificar, explorar e sentir de outra maneira os versos e poemas. Cada cor representa uma letra, e cada letra traz um som.

Compõem a exposição 20 poemas em letras, cores e sons, apresentados por meio de diversas plataformas como quadros, pintura nas paredes, impressão em tecido, papel emoldurado, acrílico, além de uma série de criações que fazem parte da pesquisa ao longo de uma década, como tecidos usados nas performances, objetos criados, músicas e até aplicativos desenvolvidos, que podem ser acessados por meio de celulares e fones disponibilizados no local.

“O projeto surgiu de um sonho no qual eu lia uma paisagem, literalmente, como se eu estivesse lendo um livro. Aí quando acordei, fiquei com a necessidade de transformar isso numa coisa real, palpável”, conta a artista.

O processo criativo desencadeou-se dessa experiência, para construir um “alfabeto em cores” que pode ser decodificado, sendo que cada letra é representada por uma cor. “Comecei a fazer a pesquisa e associei cores primárias com vogais e cores secundárias com consoantes, pesquisando também a entonação das palavras e das letras”, acrescenta Naná Muriel.

Tendo o alfabeto colorido em mãos, ela traduziu seus poemas em cores. A arte, no entanto, viria a ganhar mais camadas: com ilustrações de Cassio Magne, foi publicado o livro independente “O Poema das Cores”, espécie de manual de uso, lançado em 2014 durante a primeira edição do projeto Fábrica Lab.

A partir disso, a artista passou a produzir seu trabalho de conclusão de curso em Desenho de Moda, transformando o processo de pesquisa em uma coleção de figurinos – que chegaram a ser utilizados em quatro performances, apresentadas no Espírito Santo e na Bahia. Nessas performances, poesia, cores e corporalidade ganham companhia da música, ajudando a impulsionar uma nova linguagem ao projeto.

Os músicos Alessandra Felix e Mario D’Ettorres Schiavini criaram melodias autorais a partir da decodificação das letras em notas musicais, criando assim também um “alfabeto sonoro” com base nas mesmas poesias, já “coloridas” anteriormente.

O projeto ganhou ainda mais elementos quando Carlo Schiavine criou animações para as ilustrações de Cassio Magne, que podem ser observadas apontando um celular para as imagens a partir de um aplicativo desenvolvido pelo programador Gabriel Hendrix.

“Assim, são cinco formas de sentir um mesmo pensamento a partir desse processo de pesquisa. Por meio do alfabeto tradicional, da ilustração do poema, da animação do poema, da música do poema, e da performance”, sintetiza Naná Muriel.

Durante o tempo da exposição serão realizadas oficinas sobre animação 2D e de introdução à programação e criação de filtros para Instagram. Para mais informações, basta acessar @opoemadascores.

Realizada pela Casa Flor, a exposição conta com recursos do Fundo de Cultura do Estado do Espírito Santo (Funcultura), da Secretaria da Cultura (Secult) – além de apoio da Secretaria de Cultura e Turismo de Cachoeiro de Itapemirim.

Serviço:

Exposição “O Poema das Cores”

Visitação: até 9 de maio, de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 16h

Local: Sala Levino Fanzers (anexo à Casa da Memória), Rua 25 de março, 118, Centro, Cachoeiro de Itapemirim

Contatos: (27) 99961-0368 (Whatsapp) e [email protected]

bonecos-croche-presidio

Detentos capixabas produzem bonecos de super-heróis para crianças vítimas da chuva em Mimoso

roberto-valadao-22-05-2024

Cachoeiro perde Roberto Valadão, um de seus filhos mais ilustres

posto-oasis-lacrado-c-15-05-2024

A prefeitura estaria infringindo a lei se renovasse concessão do Posto Oásis, afirma procurador

frio-parque-nacional-caparao-21-05-2024 (1)

Frio abaixo de zero e geada transformam paisagem do Parque Nacional do Caparaó

peter-costab-21-05-2024

Golpista clona número do prefeito e faz vítimas em Mimoso do Sul

arroz-20-05-2024

Procon notifica supermercados em Cachoeiro para não aumentarem o preço do arroz

sala-do-empreendedor-mei-20-05-2024

Começa a Semana do MEI em Cachoeiro. Veja como participar das capacitações gratuitas

apreensao-bebidas-PRF-20-05-2024

PRF apreende 2,1 mil litros de bebidas sem nota fiscal em Mimoso do Sul

Leia mais