sáb 2/março/2024 07:16
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Foto: Hélio Filho/Secom

Governo do ES oferece 5 mil carteiras de habilitação de graça – saiba como se inscrever

Alessandro-29-09
Alessandro Araujo de Paula

Uma boa notícia para quem deseja tirar sua carteira de habilitação. O governo do estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES),  lançou na manhã desta segunda-feira (6) edição 2019 do Programa CNH Social, que proporciona gratuitamente formação, qualificação e habilitação para condutores de veículos.

Você pode se inscrever e buscar mais informações aqui

A iniciativa possibilita que as pessoas de baixa renda obtenham a primeira habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro); para aqueles que já são habilitados, a adição de categoria A ou B e a mudança de categoria D (van, micro-ônibus, ônibus) ou E (caminhão e carreta).

Serão ofertadas cinco mil vagas neste ano, divididas em duas etapas. A primeira, que está oficialmente aberta, disponibiliza 2.500 vagas e as inscrições devem ser feitas exclusivamente no site www.detran.es.gov.br de hoje até as 23h59 do dia 15 de maio. A 2ª etapa, com mais 2.500 CNHs, será realizada em setembro deste ano.

O governador citou a importância do projeto que foi lançado em 2011, ainda na sua primeira gestão, e agora foi ampliado: “Estamos relançando um projeto do nosso governo passado e que cumpre um papel importante, tanto social quanto economicamente”, disse.

Ele ainda ressaltou que 5% dessas vagas são para pessoas com deficiência. “Queremos dar oportunidade a pessoas que geralmente têm poucas oportunidades. No nosso primeiro governo, disponibilizamos 20 mil vagas e agora serão 25 mil em quatro anos”, afirmou.

Casagrande lembrou que o custo para tirar uma carteira é muito alto e o Programa foi criado para atender justamente ao público que mais precisa. “A habilitação é praticamente uma carteira de trabalho, pois até mesmo quem não trabalha de motorista, as empresas costumam exigir o documento”.

Durante a solenidade, o diretor geral do Detran-ES, Givaldo Vieira, destacou que o órgão fez questão de envolver a Secretaria de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades) e as secretarias municipais de Assistência Social para melhorar a efetividade do programa e também lançou mão, pela primeira vez, de uma lista única de suplentes.

“Foram necessárias algumas mudanças no programa para torná-lo mais efetivo, como a lista única de suplentes que chamaremos assim que os selecionados não cumprirem o prazo para a coleta de biometria”, comentou.

Ele continuou: “Também mobilizamos a Setades e as prefeituras para ajudar no acompanhamento aos selecionados para que possam se habilitar. Apresentamos o programa aos Centros de Formação de Condutores e às clínicas para que todos possamos fazer acontecer esta importante política pública que tem como prioridade a capacitação de novos profissionais para o mercado”.

 

Inscrições

Para se inscrever no programa, o candidato precisa já estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com os dados atualizados até o dia 15 de fevereiro de 2019. Além disso, a pessoa necessita ser maior de 18 anos, morar no Estado e ter renda familiar de até dois salários mínimos. Nesta edição do programa, serão reservadas 5% (cinco por cento) das inscrições para as pessoas com deficiência.

 

 

Mais vagas e profissionalização

Criado em 2011 na primeira gestão do governador Renato Casagrande, o CNH Social traz, neste ano, ampliação de vagas – 5 mil, se comparado às 3 mil oferecidas em 2018, e ofertará um total de 25 mil habilitações gratuitas até 2022, mais que as 20 mil vagas disponibilizadas entre 2011 e 2014, nas primeiras edições do programa.

Com foco na capacitação profissional e no aumento da empregabilidade, o CNH Social tem mais um diferencial neste ano: o Governo do Estado ampliou a quantidade de vagas voltadas para a Adição de Categoria A ou B (20%), e Mudança de Categoria D ou E (40%), que são as categorias profissionais, ao passo que a primeira habilitação (A ou B) terá 40% das vagas.

Histórico

De 2011 até o momento, 13.565 pessoas já foram beneficiadas no Espírito Santo pelo programa CNH Social, tanto na Grande Vitória quanto no interior.

Poupança

Espírito Santo é o Estado com melhor índice de poupança do País

PPPiluminação

Parceria de iluminação pública será autorizada na próxima semana

BME

Efetivo de 45 militares retira ocupantes de área pública em Mimoso

Bom Jesus do Norte

Integrante de facção criminosa é detido em Bom Jesus do Norte

idosos_atividades

Anchieta oferece atividades para maiores de 60 anos

ArmaGuaçui

Operação policial prende quatro pessoas e apreende armas e drogas em Guaçuí

Delegacia_Marataízes

ES fecha bimestre com menor número de homicídios em 28 anos

Crack_Alegre

Força Tática detém homem com 130 pedras de crack em Alegre

Leia mais