qui 23/maio/2024 09:28
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Foto: Beto Barbosa

Lojas de Mimoso ganham novo visual com ação da Casa de Tintas no pós enchente

redacao
Redação Dia a Dia

Se por um lado a enchente em Mimoso do Sul destruiu imóveis residenciais e comerciais, de outro o mesmo desastre natural construiu laços entre pessoas que nunca se conheceram, mas que decidiram se unir e se ajudarem mutuamente para dar um novo visual ao setor comercial da cidade.

As cores da sujeira e da lama vão ser substituídas por um visual limpo, colorido e restaurado porque o proprietário da Casa de Tintas, Paulo Afonso Lamon, decidiu beneficiar cerca de 50 lojas que foram cadastradas para receber material e mão de obra de pintura, neste sábado (20).

A Casa de Tintas criou o projeto Recomeçar com a finalidade de levar aos comerciantes que perderam tudo, um pouco de esperança em forma de cores. A empresa está doando latas de tinta, rolos, pinceis e outros materiais para pintar os imóveis atingidos.

“Alguns dos nosso colaboradores estão realizando o trabalho de pintura junto com colaboradores do comércio local e voluntários de Mimoso e de Cachoeiro de Itapemirim. Estamos retribuindo aos comerciantes um estímulo para eles recomeçarem e manterem os empregos dos seus funcionários. Passamos nas lojas e deixamos o material e uma equipe de pintor para se unir aos pintores deles”, disse Paulo.

As lojas cadastradas precisaram lavar as paredes e deixar tudo em condições de receberem a nova pintura. Paulo afonso explica como fez para levantar recursos para essa empreitada.

“Todo material é fornecido pela nossa empresa em parceria com alguns dos nossos fornecedores como a Eucatex, Coral e Pinceis Atlas. Não chegamos a calcular o valor do investimento; o importante é que pintores, voluntarios e  comerciantes se unirão e neste sábado está acontecendo a pintura em diversos imóveis atingidos pela chuva”.

Uma das beneficiadas com esta ação solidária é a Farmácia da Maythê. A proprietária do estabelecimento, Maythê Bullos Mainenti, avaliou positivamente o movimento na cidade feito pelos pintores.

“Essa ajuda que estamos recebendo é muito importante e muito bem-vinda porque estamos recomeçando do zero. Meu comérico foi totalente atingido, perdemos tudo na farmácia e os móveis dentro de casa também. É uma luta, parece que foram 15 anos de trabalho perdido”, disse Maythê.

O município de Mimoso do Sul, no Sul do Espírito Santo, é um dos que mais sofreu consequências das fortes chuvas no mês de março. Das 20 mortes confirmadas no estado, 18 foram em Mimoso. A enchente e a lama deixaram lojas e casas destruídas. Comerciantes ainda tentam fazer a limpeza dos estabelecimentos.

bonecos-croche-presidio

Detentos capixabas produzem bonecos de super-heróis para crianças vítimas da chuva em Mimoso

roberto-valadao-22-05-2024

Cachoeiro perde Roberto Valadão, um de seus filhos mais ilustres

posto-oasis-lacrado-c-15-05-2024

A prefeitura estaria infringindo a lei se renovasse concessão do Posto Oásis, afirma procurador

frio-parque-nacional-caparao-21-05-2024 (1)

Frio abaixo de zero e geada transformam paisagem do Parque Nacional do Caparaó

peter-costab-21-05-2024

Golpista clona número do prefeito e faz vítimas em Mimoso do Sul

arroz-20-05-2024

Procon notifica supermercados em Cachoeiro para não aumentarem o preço do arroz

sala-do-empreendedor-mei-20-05-2024

Começa a Semana do MEI em Cachoeiro. Veja como participar das capacitações gratuitas

apreensao-bebidas-PRF-20-05-2024

PRF apreende 2,1 mil litros de bebidas sem nota fiscal em Mimoso do Sul

Leia mais