ter 21/maio/2024 06:30
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura

Menina espancada por “colegas” por negar cola quer trocar de colégio

redacao
Redação Dia a Dia

A mãe da menina de 12 anos que foi agredida por ter se recusado a passar cola durante uma prova na escola estadual Polivalente Coronel Borges  contou que ela quer trocar de colégio.

Segundo a mãe, que pediu que ela e a filha não sejam identificadas, a ideia de mudar de escola acontece depois que a menina foi cercada depois da aula por 10 estudantes.

A estudante recebeu socos, chutes e puxões de cabelo na sexta-feira da semana passada e nesta terça-feira (22). A mãe da estudante conta que a briga começou dentro da unidade de ensino depois que a filha se recusou a passar cola para as colegas.

“Ela só chora, não sai de casa. Conseguimos uma vaga numa escola particular, mas ela ainda não está matriculada”.
As estudantes, segundo a mãe, alegaram que a jovem estava debochando e teria dito que, se elas quisessem tirar boa nota na prova, deveriam ter estudado”.

A mãe diz que para surrar sua filha, dez meninas se juntaram. “Falaram que minha filha estava debochando, falando para elas estudarem mais para conseguir notas”.

Em conversa com a direção da escola, a mãe disse que foi informada que quatro alunas que participaram da agressão foram expulsas, mas soube que as outras seis ainda permanecem na escola.

Ela, então, solicitou a convocação de uma reunião com os responsáveis pelas estudantes, mas o pedido teria sido recusado pela diretora. “Registrei ocorrência na polícia. Elas criaram uma página para difamar e falar mal da minha filha”.

Em nota enviada à reportagem, a Secretaria de Estado da Educação (Sedu) explicou que as medidas cabíveis foram tomadas, conforme o Regimento Escolar.

A Polícia Militar informou que o Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes) recebeu informações de agressões praticadas por alunos de uma escola a uma menina. No local, a equipe soube que as envolvidas já tinham ido embora. Elas não foram encontradas.

Já a Polícia Civil revelou que um boletim de ocorrência foi registrado e que o caso segue na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e Adolescente e Idoso (DPCAI). Ainda segundo a Polícia Civil, a menina fez exame de corpo de delito.

O Conselho Tutelar de Cachoeiro de Itapemirim revelou que acompanha o caso e que não divulgará, por enquanto, informações.

 

 

cruzamento-etelvina-vivacqua-linha-vermelha-nova-brasilia-zumbi-20-05-2024

Trecho da Linha Vermelha interditado por 30 dias para obras de pavimentação

ebrahim-raisi-20-05-2024

Confirmada morte de presidente do Irã após queda de helicóptero

Prefeitura_Cachoeiro

Prefeitura de Cachoeiro publica edital com resultados do concurso público

escutar-ouvir-mulher-com-mao-no-ouvido-19-05-2024

Sobre as vozes na minha cabeça

retros-linha-coracao-costurado-19-05-2024

Anna

foto-antiga-mulher-com-lampiao-19-05-2024

Quem está aí?

drogas-apiaca-18-05-2024

Bandidos utilizam cafezal para esconder drogas em Apiacá

bispo-diocesano-b-19-05-2024

Igrejas católicas de todo sul do Estado comemoram o Dia de Pentecostes

Leia mais