dom 21/julho/2024 10:46
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura

Mereço ser eleita porque defenderei sempre os interesses coletivos, diz Flávia Cysne

redacao
Redação Dia a Dia

Mais uma entrevista será publicada hoje na série de entrevistas do Jornal Dia a Dia com candidatos do Sul do Estado que disputam uma vaga à Câmara Federal.

Da primeira vez, ouvimos o candidato Diego Libardi. Depois, a deputada federal Norma Ayub, que busca a reeleição. A nossa terceira entrevistada foi a advogada Renata Fiório.

Agora vamos saber o que a administradora de empresas com especialização em marketing Flávia Cysne, que foi prefeita de Mimoso por dois mandatos, tem a dizer sobre suas pretenções à Câmara Federal.

As perguntas são semelhantes e enviadas por escrito para os candidatos ou à sua assessoria. Ao final da entrevista, o candidato pode encaminhar um breve currículo.

 

Caso seja eleita, de que forma acha que pode contribuir para o desenvolvimento regional ?

Serei a Deputada Federal do Sul do Estado em Brasília. Quem conheceu meu trabalho como prefeita de Mimoso do Sul viu uma gestão honesta e altamente empreendedora, com grandes projetos, grandes obras e uma visão de desenvolvimento. Não é porque a cidade é pequena que não se pode pensar grande.

A construção da nossa pré-candidatura se dá com solidez, baseada em dados técnicos, construção coletiva, diálogo, escuta e muito estudo das reais necessidades da população do sul do Espírito Santo.

Da mesma forma como garimpei recursos para grandes investimentos em Mimoso, assim serei na Câmara dos Deputados, ao lado dos empreendedores, dos produtores, dos trabalhadores e de todas pessoas que acordam cedo para colocar comida na sua mesa com dignidade. Meu compromisso será com ética e progresso.

 

Qual o principal gargalo que impede o crescimento do município e das regiões, Sul, Serrana, Litoral e Caparaó?

Com os investimentos descentralizados feitos pelo Governador Renato Casagrande nas regiões que você citou, muita coisa já mudou, mas ter uma Deputada Federal que conhece os anseios da população, que é da região e que tem compromisso coletivos fará ainda mais diferença.

É preciso oferecer incentivos fiscais e tributários, além de investimento constante em infraestrutura, para a atrair novas empresas e oferecer fomento às existentes e, com isso, gerar condições de gerar e manter os empregos.

Não dá para alcançar esse objetivo com baixa representatividade da região sul na Câmara Federal. No período eleitoral é comum vermos a “importação” de candidatos de outras regiões.

Chegam na região e só sabem andar com GPS ligado. Mesmo sem nenhum vínculo ou compromisso conosco acabam tendo votos por aqui, mas depois somem e pouco produzem. É preciso cartão vermelho nas urnas. Dar cartão verde e elegermos quem realmente conhece nossas necessidades.

Também é preciso deixar ideologias de lado e colocar o progresso à frente, como fizemos no Instituto Mulheres no Poder, movimento suprartidário criado por nós, para aumentar a representatividade feminina nos espaços de poder. Nossa base sempre foi o respeito. E continuar sendo.

Vamos voltar o nosso olhar para o Porto Central de Presidente Kennedy. Que qualificação será necessária para que a maioria das vagas fique para os capixabas? Vamos então unir qualificação e demanda por mão de obra para termos trabalhadores capacitados.

Um Porto como esse movimenta tanto a economia local que é necessário absorver todo tipo de mão de obra. Será preciso qualificar tanto industriários como prestadores de serviços locais.

O setor de serviços foi o que mais cresceu em 2021, com aumento de 7,2%, então vamos destinar recursos para qualificar as nossas mulheres para que possam ter sua profissão e ganhar seu dinheiro honesto para atender à demanda que vai se formar. Isto também é empoderamento feminino.

Não podemos deixar de falar sobre a importância do fortalecimento das políticas públicas para dar suporte às mulheres vítimas de violência doméstica. São muitas demandas e estaremos atenta a todas elas.

 

Eleita, como pode contribuir para resolver os problemas causados pelas carências na região?
Vou ser a extensão do Sul do Estado na Câmara dos Deputados e a extensão de Brasília no Sul do Estado. Diálogo e parceria com os prefeitos, vereadores, Governo Estadual e Governo Federal para desenvolver nossa região.

Vocês verão uma mulher guerreira em busca de reforma tributária, melhorias na saúde, educação, moradia e infraestrutura, mantendo o olhar 100% voltado aos interesses coletivos. A população do Sul capixaba vai conhecer realmente uma deputada federal que vai ser firme na defesa das necessidades da região.

 

Porque acha que merece o voto dos capixabas?

Em primeiro lugar porque estou preparada. Tenho vasta experiência na política, onde sempre tive o olhar voltado para os interesses comunitários. Tenho também boa interlocução com o governo estadual , mas também porque o projeto político que defendo é o da representativade. Sem falsa modéstia, e com muita humildade, asseguro que posso representar bem todos os capixabas em Brasília.

 

 

Quem é Flávia Cysne

– Flávia Cysne foi prefeita de Mimoso do Sul por dois mandatos e a única mulher a ocupar este cargo;

– Nasceu em Itapemirim. É formada em Administração de Empresas com Pós-graduação em Marketing;

– Em 1997 dedicou-se às causas sociais como secretária municipal de Desenvolvimento Social de Mimoso do Sul na gestão do então prefeito Ronan Rangel;

– Trabalhou como Assessora Especial do Estado e Subsecretária de Estado de Turismo;

– Foi a primeira presidente da Sociedade Pestalozzi de Mimoso do Sul;

– Também foi vice-presidente da Associação Comercial de Mimoso do Sul.

– É membro fundador da Associação Estadual de Mulheres;

– É membro efetiva do Conselho Estadual do Idoso;

– É credenciada pelo SEBRAE como consultora e instrutora na área de turismo;

– Foi criadora e presidente do Consórcio de Desenvolvimento da Região dos Vales e do Café;

– Atuou como secretária da Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes) entre 2013-2014.

– É idealizadora de um movimento suprapartidário que deu origem ao Instituto Mulheres no Poder, do qual é presidente licenciada, que busca o protagonismo da mulher na política.

-Assessorou o Vales e Café Convention & Visitors Bureau (atual Região Sul-Capixaba Dos Vales e do Café) em sua reestruturação, hoje em fase de homologação como Instância de Governança Regional.

– É casada com Heleno da Silva Leite e tem sete filhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

moradores-recebem-geladeiras-20-07-2024

Moradores atingidos pelas chuvas no Sul do ES recebem doação de geladeiras e lâmpadas

moto-apreendida-19-07-2024

Moto clonada é apreendida em Cachoeiro após ser flagrada pelo videomonitoramento

prisao-suspeito-19-07-2024

Preso suspeito de atirar em mototaxista e enfermeiro em Cachoeiro

Hospital-do-Aquidaban-2-e1609786208993

Enfermeiro baleado já havia pedido medida de afastamento. Familiares pedem justiça

acidente-br-482-19-07-2024

Motociclista de 53 anos morre atropelada por caminhão

cao-atendimento-veterinario

Inscrições prorrogadas para cursos técnicos gratuitos

zeze-da-cofril-19-07-2024

Zezé da Cofril assume presidência do PP em Cachoeiro de Itapemirim

mototaxista-carona-baleados-17-07-2024

Polícia ouve testemunhas a respeito do atentado contra mototáxi em Cachoeiro

Leia mais