sáb 20/abril/2024 03:42
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Lojas fechadas no Guandu. Foto: Daniel de Paula

Opinião do editor: O alvo não é o prefeito ou o governador

Alessandro-29-09
Alessandro Araujo de Paula

Em meio à pressão de comerciantes para a abertura de suas lojas, o prefeito Victor Coelho manteve-se firme em sua convicção e não relaxou as regras estabelecidas em decreto municipal que determina a suspensão de diversas atividades em Cachoeiro.

Apesar de não concordar com a metodologia de isolamento social adotada em grande parte do país, inclusive aqui no Estado, entendo que a atitude do prefeito foi a mais sensata.

E a do governador Renato Casagrande também.

Pode parecer meio incoerente, mas a explicação é simples. Para mudar a forma de combate à pandemia do coronavírus que vem se espalhando pelo país, a ação teria que ser coordenada, em todo território nacional, com diversas outras medidas de reforço à rede hospitalar, isolamento do público mais frágil, como idosos e acamados, e um forte trabalho de conscientização da população. Entre outras ações.

Em outras palavras, simplesmente liberar o comércio sem que mais medidas sejam tomadas é colocar em risco toda a população.

Mas fica o alerta. Acredito que, ao continuar o isolamento social da forma como vem sendo feito, o Brasil entra em colapso em poucas semanas, com pessoas esfomeadas e desesperadas invadindo ruas, saqueando lojas, farmácias e supermercados. Haverá conflitos e mortes.

Para piorar, a arrecadação da União, estados e municípios vai cair como nunca ocorreu na história. O comércio, serviço e indústria é que custeiam a máquina pública. Sem dinheiro, como o poder público vai investir recursos na saúde e ajudar financeiramente aos que estão sem emprego?

É o caos se formando. E quem estuda a história sabe que uma vez instalado o caos é muito difícil corrigir e voltar à normalidade.

Portanto, as mudanças precisam ser coordenadas, com a União à frente, estados e municípios falando a mesma língua, a imprensa atuando no sentido de informar à população e muito, muito recurso aplicado na estruturação do sistema de saúde para que doentes não morram  por falta de leito hospitalar.

Quanto de dinheiro estou falando? Ora se os EUA preveem queda de 30% no PIB americano e se esse percentual for o mesmo no Brasil, que teve um PIB em 2019 de R$ 7,3 trilhões, então poderemos ter uma queda de R$ 2,1 trilhões em nosso Produto Interno Bruto.

Para que aguardar a perda de trilhões de reais? Vamos nos antecipar e investi-los agora, na instalação de milhares de leitos de UTI, aquisição de milhares de respiradores, mais profissionais de saúde, distribuição de máscaras, álcool, medicamentos, uma ampla campanha de conscientização, ações de proteção de nossos idosos, acamados, entre outras medidas.

Querer que o prefeito assuma sozinho a responsabilidade de ir contra as orientações das autoridades e correr o risco do vírus se espalhar e matar milhares de cachoeirenses é insano.

Quem não concorda, como eu, com esse rigoroso isolamento social que exija de quem pode de fato fazer alguma coisa: o presidente. Jair Bolsonaro, em quem votei, precisa parar de ficar reclamando que todos estão contra ele, chamar os governadores para uma conversa honesta e agir.

premobras_19_04_24

Premobras anuncia 100 vagas de emprego exclusivas para moradores de Mimoso

Usina_Biometano_Governador_19_04_24_

Espírito Santo vai receber primeira Usina de Biometano para uso industrial e residencial

Corrida_de_São_Pedro_19_04_24

Garanta sua vaga na 44ª Corrida de São Pedro

Ricardo_Ferraço_Mutrião_Mimoso_17_04_24

Ricardo Ferraço quer crédito barato e com muito prazo para setor comercial atingido pela enchente

Rei_dos_Petiscos08_19_04.24.jpg.

Rei dos Petiscos enfrenta dificuldade para se reerguer após temporal em Mimoso

Termina hoje as inscrições para estágio em 8 cursos de graduação no Ministério Público

Termina hoje as inscrições para estágio em 8 cursos de graduação no Ministério Público

Fibromialgia_PCDs_18_04

Pacientes com fibromialgia passam a ter os mesmos direitos de pessoas com deficiência (PCDs)

cachoeiro

Cachoeiro de Itapemirim sedia Inova ES e Feira de Cidades Inteligentes

Leia mais