Jornal Dia a Dia – Notícias do Espirito Santo e do Brasil
Foto ilustrativa: Pressfoto

Orçamento doméstico: saiba como planejar os gastos durante pandemia

Em tempos de pandemia do novo coronavírus, economizar tornou-se uma necessidade. De olho nesse contexto, a equipe de economia doméstica do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) reuniu dicas importantes para ajudar as pessoas a planejar e a organizar o orçamento doméstico.

As orientações são das economistas domésticos do Incaper, Ana Paula Pereira e Aline Chaves Pereira. Segundo elas, é importante que as famílias repensem suas despesas e planejem melhor seu orçamento. Afinal, conforme destacam alguns autores, a crise econômica pode se tornar uma oportunidade para uma mudança positiva dos hábitos de consumo das famílias.

O que é orçamento doméstico?

Orçamento doméstico é o planejamento que se faz com o dinheiro para evitar endividamento e gastos desnecessários. Ao se fazer o orçamento doméstico, você terá maior controle da sua renda e saberá como está gastando seu dinheiro.

Por que é importante fazer orçamento?

São três os principais fatores que justificam a importância de se fazer um orçamento doméstico: saber para onde o seu dinheiro está indo; ter uma base para mudar o destino do dinheiro, se necessário; evitar superestimar a renda e subestimar as despesas.

Como fazer o orçamento doméstico?

Conforme explicaram Ana Paula Pereira e Aline Chaves Pereira, o orçamento doméstico deve ser feito com a participação de todos os membros da família. As economistas domésticos do Incaper lembram que, para enfrentar este momento com mais tranquilidade, é importante que as famílias reavaliem as prioridades, mudem o uso dos recursos quando necessário, e tomem cuidado com as pequenas despesas.

As profissionais reproduzem os dizeres de um renomado autor que trata o tema: “orçamento doméstico sensato é parecido com dieta inteligente: quem abusa dos pequenos gastos faz o mesmo que uma pessoa que pretende emagrecer e passa o dia comendo biscoitos”.

Segundo as profissionais do Incaper, o descontrole financeiro, muitas vezes, está associado a pequenas despesas.

Para a família manter o equilíbrio e ter controle da situação financeira, deve evitar que orçamento doméstico fique sobrecarregado no fim do mês. Para tanto, é importante identificar o perfil de consumo: ter autoconhecimento, isto é, conhecer a própria forma de pensar e ter completo domínio sobre maneira de agir.

Uma forma de conhecer melhor os gastos é classificar as despesas:

• Fixas: são aquelas regularmente pagas. Devem ser previstas de forma permanente no orçamento, como aluguel, seguro, prestação do carro, entre outros.
• Flexíveis: variam de mês para mês, como vestuário e lazer.
• Diárias: são aquelas realizadas todos os dias, como transporte e lanches, por exemplo.

Para fazer um orçamento doméstico é importante controlar as contas, reunindo os comprovantes de pagamento de todas as compras. Com as informações sobre os gastos e a renda em mãos, é importante anotar as receitas e as despesas da família em uma tabela. Na planilha, uma das colunas traz o orçamento previsto e a outra o orçamento executado.

Outras orientações válidas

• Planejar as compras (não aja por impulso).
• Buscar formas de reduzir as despesas.
• Reservar uma parte das receitas para situações imprevistas. O ato de guardar dinheiro para imprevistos é de capital importância se você quer diminuir ou evitar empréstimos com juros exorbitantes no futuro.

Economia local e agricultura familiar

Segundo as economistas domésticos do Incaper, as despesas com alimentação consomem uma parte significativa do orçamento familiar. Por isso, vale se atentar para alguns cuidados:

• Planeje o cardápio com uma semana de antecedência, de maneira a aproveitar promoções e boas oportunidades de compras.
• Preparar os alimentos em casa e reaproveitá-los é uma boa medida de economia.
• Prefira alimentos da estação (que são mais abundantes) e os produzidos localmente: valorize a agricultura familiar capixaba e a economia do seu município.

Ao valorizar a agricultura familiar, a pessoa contribui para um consumo mais responsável e para o desenvolvimento local sustentável, com a aquisição de alimentos mais diversificados e seguros.

A agricultura familiar envolve questões relacionadas com a segurança alimentar, menores impactos ao meio ambiente, melhor distribuição de renda e estratificação territorial.

Economize

Evitar desperdícios também é uma ação que ajuda no orçamento doméstico. Podem ser tomadas atitudes simples, como:

• Economize água e energia.
• Use frente e verso do papel.
• Reutilize embalagens.
• Reforme as próprias roupas.
• Recicle alguns materiais e faça coleta seletiva.

Por fim, siga a “Regra dos 3 SIM”. Responda as perguntas a seguir antes de comprar:

1- Preciso realmente deste produto?
A) Não? Desista da compra
B) Sim! Vá para a pergunta 2

2- Tenho dinheiro para pagar?
A) Não? Desista da compra.
B) Sim! Vá para a pergunta 3

3- Tem que ser agora?
A) Não? Desista da compra
B) Sim! Compre!

Carregando....

O site do Jornal Dia a Dia ES pode usar cookies para melhorar sua experiência. Você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Ler mais...

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

%d blogueiros gostam disto: