sex 24/maio/2024 06:56
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura

Pescadores serão ouvidos por Frente Parlamentar na Assembleia nesta quinta-feira

redacao
Redação Dia a Dia

Pescadores de colônias de todos o Estado, representantes de entidades ligadas ao setor professores e outros profissionais serão ouvidos pela Frente em Defesa da Pesca (FEP) nesta quinta-feira  (17), na Assembleia Legislativa.

O objetivo é reduzir a burocracia e melhorar a vida do pescador e propor soluções para os principais problemas da pesca no Espírito Santo, informa o  presidente da FEP,  deputado estadual Bruno Lamas.

Segundo o deputado, ganharão atenção especial problemas comuns aos pescadores e colônias de pesca, como permissão, marco regulatório, concurso para técnico e engenheiro de pesca, financiamento da atividade e invasão de traineiras na costa capixaba.

Lamas destaca que a frente é uma conquista, e que o setor está se sentindo abraçado e acolhido, já que é a primeira vez que o Estado tem uma frente para tratar exclusivamente da questão da pesca, seus desafios e soluções para os principais problemas. “São milhares de profissionais e suas famílias envolvidos”, declarou.

De acordo com o deputado, um dos assuntos que serão discutidos é o Marco Regulatório da Pesca, que já existe em Santa Catarina e São Paulo, e que irá dar mais segurança ao setor pesqueiro.

Um projeto de lei foi protocolado na Assembleia pelo parlamentar para que o Estado possa se equiparar a outros entes da federação.

O parlamentar destacou que um dos objetivos do encontro é garantir que a permissão de pesca possa ser dada aqui no Estado, o que não ocorre atualmente.

Bruno informa que alguns estados conseguiram fazer um convênio com o Ministério da Agricultura e cabe a eles emitirem a licença, e que aqui no Espírito Santo precisamos do ministério para emitir essas permissões.

“Então, defendo uma parceria entre o governo do Estado e o federal para facilitar a vida do pescador com licenças para o profissional e também para as embarcações. Vamos desburocratizar o setor e melhorar a vida do pescador”, frisou.

Bruno reforça ainda que a Superintendência da Caixa Econômica no Estado também foi convidada a participar porque existe uma linha de financiamento do governo federal para pescadores, mas ela não está chegando ao seu objetivo final. “Queremos informá-los e cobrar possíveis soluções”, explicou.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), autarquia do governo federal vinculada ao Ministério do Trabalho e Previdência, também deverá participar, segundo Bruno, porque o pescador é muito dependente do instituto na época do defeso – período em que as atividades de caça, coleta e pesca esportivas e comerciais ficam vetadas ou controladas porque os animais se reproduzem.

Uma indicação de Bruno, que foi aprovada pela Assembleia esta semana, voltada para o setor, também ganhará destaque no encontro de amanhã.

 

Ela sugere que o governo do Estado promova concurso público na Secretaria de Estado da Agricultura para os cargos de técnico e engenheiro de pesca, para os níveis médio e superior.

Segundo o deputado, esses profissionais são importantes na produção de projetos e captação de recursos e há muita carência deles nos municípios.

“Gostaríamos de ter pelo menos um engenheiro de pesca por município. A ideia é que o Estado contrate o profissional de nível superior, que tem um papel fundamental na cadeia da pesca, na vida do pescador, tanto na questão ambiental quanto fomentando a atividade”, esclareceu Bruno.

O parlamentar lembra que a proposta vem do próprio setor e já é trabalho da Frente Parlamentar, que se reúne periodicamente com pescadores, professores e representantes de entidades.

Dessas reuniões surgiu uma preocupação: a invasão de traineiras na costa capixaba, o que tem trazido prejuízos para o setor no Estado.

“É um assunto muito sério. O que não falta é trabalho. Esses temas são os que o nosso grupo de trabalho definiu como prioritários. As demandas do setor agora vão virar políticas públicas, ações e projetos de lei. Vamos dar voz e buscar soluções para melhorar a vida das pessoas”, concluiu Bruno.

culto-mimoso-23-05-2024

Mimoso do Sul: Culto de ação de graças marca 60 dias da enchente e faz homenagem às vítimas

prisao-presidente-kennedy-22-05-2024

Homem é preso após simular acidente de trânsito para matar desafeto em Presidente Kennedy

Baile de Gala 2023b-22-05-2024

Sob nova direção, Caçadores Carnavalescos promete um Baile de Gala inesquecível

roberto-valadao-b-22-05-2024

Governador e prefeito de Cachoeiro decretam luto de três dias pela morte de Valadão

bonecos-croche-presidio

Detentos capixabas produzem bonecos de super-heróis para crianças vítimas da chuva em Mimoso

roberto-valadao-22-05-2024

Cachoeiro perde Roberto Valadão, um de seus filhos mais ilustres

posto-oasis-lacrado-c-15-05-2024

A prefeitura estaria infringindo a lei se renovasse concessão do Posto Oásis, afirma procurador

frio-parque-nacional-caparao-21-05-2024 (1)

Frio abaixo de zero e geada transformam paisagem do Parque Nacional do Caparaó

Leia mais