qua 22/maio/2024 10:30
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura

Quatorze envolvidos em queima de ônibus em Vitória já foram presos, informa Sesp

redacao
Redação Dia a Dia

Segundo a Secretaria de Estado’ da Segurança Pública (Sesp), 14 pessoas foram detidas após os ataques e queima de ônibus ocorridos na Grande Vitória nesta terça-feira.

O governador Renato Casagrande já havia anunciado quatro prisões realizadas na manhã desta quarta-feira (12) em seu perfil nas redes sociais, destacando que foram fruto da parceria do serviço de inteligência com as Polícias Civil e Militar com a Polícia Rodoviária Federal.

O governador afirmou ainda em sua postagem que as prisões foram uma resposta rápida de quem realmente se preocupa com a segurança da população e que o crime organizado é combatido com rigor.

Em entrevista nesta terça-feira, no final do dia, Renato Casagrande afirmou também que esta era uma tentativa de intimidação de um grupo criminoso pelo bom trabalho que a polícia está desenvolvendo.

Ressaltou que a equipe policial foi recebida a tiros durante uma abordagem e revidou, e que durante o confronto, um membro criminoso importante foi alvejado.

“Isso causou a reação desse grupo criminoso. Estamos bem preparados, trabalhando com a Inteligência. Isso nunca intimidou e nem intimidará a polícia. Vamos controlar a situação que estamos vivendo nesse momento”, frisou.

A nota da Sesp informa que ontem 10 indivíduos já haviam sido detidos pela PMES em flagrante, e que as forças policiais trabalham em conjunto há mais de 24 h para identificar e prender os criminosos envolvidos nessa situação.

A informação do secretário de Segurança Pública, coronel Márcio Celante, é de que quatro suspeitos já estavam sendo monitorados e foram abordados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Viana.

Os homens foram levados à Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Vitória.

 

SAIBA MAIS

Até a noite de terça-feira (11), sete ônibus haviam sido queimados ou depredados na Grande Vitória. Os ataques começaram nos bairros Consolação e Santo Antônio e teriam sido provocados por uma facção criminosa.

A organização Primeiro Comando de Vitória (PCV) reivindicou a autoria dos ataques, que teriam sido provocados pela morte de Jonathan Cândido Cardoso, de 26 anos, em confronto com a polícia.

O homem é identificado como  segurança de um dos traficantes mais perigosos do Estado, Fernando Ferreira Pimenta, o Marujo, que está foragido.

A partir do início das ações a polícia já tinha prendido as dez pessoas e apreendido um adolescente após tentarem incendiar um ônibus.

Informações da Polícia Militar é de que eles estavam com galões de gasolina e isqueiros quando foram abordados. Cinco dos suspeitos presos estavam na Avenida Beira-Mar e admitiram que o combustível seria usado para incendiar mais coletivos na região.

Por causa do caos que se instalou na Grande Vitória algumas faculdades, escolas e a Universidade Federal do Espírito Santo suspenderam as aulas do período noturno.

peter-costab-21-05-2024

Golpista clona número do prefeito e faz vítimas em Mimoso do Sul

arroz-20-05-2024

Procon notifica supermercados em Cachoeiro para não aumentarem o preço do arroz

sala-do-empreendedor-mei-20-05-2024

Começa a Semana do MEI em Cachoeiro. Veja como participar das capacitações gratuitas

apreensao-bebidas-PRF-20-05-2024

PRF apreende 2,1 mil litros de bebidas sem nota fiscal em Mimoso do Sul

militares-es-rio-grande-do-sul-b-20-05-2024

Governador envia mais militares para reforçar proteção de abrigos no RS

acidente-br-101-20-05-2024 - 1

Duas pessoas morrem na BR 101 no mesmo local em que 5 perderam a vida no mês passado

cruzamento-etelvina-vivacqua-linha-vermelha-nova-brasilia-zumbi-20-05-2024

Trecho da Linha Vermelha interditado por 30 dias para obras de pavimentação

ebrahim-raisi-20-05-2024

Confirmada morte de presidente do Irã após queda de helicóptero

Leia mais