dom 16/junho/2024 16:14
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura

Segurança do trabalhador: o alto índice de mortes nas empresas de rochas do Sul do ES

Erika Santos

ARTIGO: Luanna da Silva Figueira é advogada pós-graduada em Processo e Direito do Trabalho e pós-graduanda em Filosofia e Psicanálise.

 

Considerando o trabalho como um dos fatores determinantes do processo saúde-doença, percebem-se que, ao longo dos últimos três séculos, os processos de trabalho sofreram modificações e se intensificaram, com o surgimento do capitalismo e da indústria e, mais recentemente, do processo de globalização dos mercados.

As novas exigências do mercado trouxeram grandes alterações na divisão e nas formas de organização do trabalho, que deixaram o seu caráter artesanal para ser mecanizado ou automatizado, levando, entre outras coisas, a práticas de trabalho fragmentadas e repetitivas.

Os impactos do processo de trabalho na saúde dos trabalhadores se dão a partir das suas condições específicas – que se constituem nos aspectos físicos, químicos e biológicos do ambiente laboral (temperatura, vibrações, radiações, poeira, ruídos, dentre outros) – e das suas formas de organização – que dizem respeito à divisão técnica e social, como, por exemplo, a hierarquia interna dos trabalhadores, o controle por parte da empresa sobre o ritmo e as pausas de trabalho.

A exploração mineral de rochas ornamentais constitui um ramo de atividade onde os trabalhadores estão submetidos a condições de trabalho diferenciadas, muitas vezes rudes.

As cargas de trabalho são variadas, específicas em cada etapa do processo produtivo – extração de grandes blocos nas pedreiras, desdobramentos dos blocos em chapas mais finas nas serrarias, beneficiamento em produtos finais (pisos, bancadas, objetos de adorno, etc.) nas marmorarias e moagem (pó de pedra triturado) – e podem causar danos à saúde, acidentes e mortes.

O número de trabalhadores que morreram no setor de rochas ornamentais no Espírito Santo cresceu em 2020, em relação a 2019, preenchendo as mídias com tristes histórias de trabalhadores que perderam suas vidas trabalhando, fato este que aconteceu recentemente na cidade de Cachoeiro de Itapemirim.

O valor da saúde dos trabalhadores é um direito fundamental e é a base da relação de trabalho, não existindo trabalho digno se não existir observância da saúde e segurança do trabalho.

Assim, essa análise textual tem como foco principal trazer os dados alarmantes de acidentes de trabalho com mortes no setor de rochas ornamentais do Sul do Espírito Santo e o valor da saúde e segurança dos trabalhadores que atuam neste setor e alertar pela importância de se observar todos os requisitos legais da saúde e segurança do meio ambiente laboral.

Luanna Figueira é advogada. Foto: Acervo pessoal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

morte-rio-itapemirim-15-06-2024

Morte misteriosa: Corpo encontrado preso entre pedras sob ponte da Ilha da Luz

casagrande-divino-de-sao-lourenco-15-06-2024c

Casagrande libera pacote de obras em Divino de São Lourenço

acidente-carro-caminhao-15-06-2024

Batida entre caminhão e Fiat Strada deixa motorista ferido em Cachoeiro

lula-15-06-2024

Lula classifica de insanidade proposta que equipara aborto a homicídio

missao-amazonia-14-06-2024

Batistas de Cachoeiro participam de missão de amor e assistência na Amazônia

prisao-apreensao-mimoso-14-06-2024

100 kg de maconha trazidas do RJ para o ES são apreendidas em Mimoso do Sul

anderson_freire

Anderson Freire doará cachê de show na Festa de Cachoeiro para entidades sociais

vista-cachoeiro-14-06-2024

Cachoeiro facilita abertura de empresas com novas medidas de desburocratização

Leia mais