qua 22/maio/2024 11:59
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
A psiquiatra Telma Pimenta falou sobre prevenção ao suicídio na Assembleia. Foto: Tati Beling/Ales

“Seja um bom ouvinte, não julgue”, diz psiquiatra sobre prevenção ao suicídio, em reunião na Assembleia

Erika Santos

Um tema que a maioria das pessoas não gosta de falar, mas que requer atenção e ações de prevenção é o suicídio. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que 300 milhões de pessoas no mundo estão com depressão. No país, são 11 milhões de brasileiros com a doença, considerada um fator importante para fazer com que uma pessoa tire a própria vida. 

Em reunião na última terça-feira (10) na Comissão de Saúde da Assembleia, a médica psiquiatra Telma Freitas Pimenta, representante da Associação Brasileira de Psiquiatria, destacou a importância da empatia, do cuidado e da orientação médica. 

Telma Pimenta salientou o que as pessoas devem fazer quando alguém próximo está em um quadro que pode se desenvolver para uma tentativa de suicídio. 

“Seja um bom ouvinte, não julgue nem dê conselhos, demonstre disposição e empatia. E, claro, apoie a pessoa para procurar um profissional qualificado. O suicídio pode ser evitado e a rede de apoio é fundamental nesse processo”, afirmou.

A reunião fez referência ao “Setembro Amarelo”, mês de prevenção ao suicídio, com destaque para a importância do cuidado com a depressão, doença diretamente relacionada com o ato. 

Reunião da Comissão de Saúde da Assembleia. Foto: Tati Beling/Ales

“Os transtornos mentais correspondem a 96% das causas, entre eles destaque para a depressão e o abuso de substâncias químicas. É importante lembrar que a natureza do suicídio é complexa e multifatorial. E o principal é pontuar que é possível tratar e prevenir”, destacou Telma Pimenta.

Antônio José Nunes Faria é presidente da Associação Psiquiátrica do Espírito Santo. Foto: Tati Beling/Ales

O presidente da Associação Psiquiátrica do Espírito Santo, Antônio José Nunes Faria, reforçou a importância da informação para quem deseja ajudar.

“O suicídio é desespero. A pessoa que comete não consegue ver nenhuma saída para a vida dela. E existe um histórico por trás dele. Um histórico que pode e deve ter tratamento. Para começar, precisamos de informação. Existe um estigma muito grande com o paciente psiquiátrico. E nós temos de ter uma atenção especial com os adolescentes porque os estudos mostram um aumento do número de depressão nessa faixa etária”, afirmou.

Adolescência

Estudos apontam ainda um aumento no consumo de álcool e drogas entre adolescentes, além de vícios em jogos eletrônicos, fatores que podem fortalecer o quadro depressivo. 

Transtornos mentais, doenças incuráveis, histórico na família e isolamento social também servem de alerta porque aumentam o risco de suicídio no paciente de qualquer idade.

Carlos Faroni é presidente do Centro de Valorização da Vida. Foto: Tati Beling/Ales

Escuta acolhedora

Também presente à reunião, o presidente do Centro de Valorização da Vida (CVV), Carlos Faroni, explicou que a entidade atua com apoio emocional e prevenção ao suicídio, atendendo de forma voluntária, e sob sigilo, pessoas que precisam conversar.

“O CVV se propõe a colaborar a partir de uma escuta acolhedora e empática. O serviço pode ser acessado por meio do número de telefone 180 a qualquer hora”, disse Faroni.

Atenção na rede pública

A reunião foi presidida pelo deputado Hércules Silveira (MDB) e contou com a presença dos deputados Emilio Mameri (PSDB) e Hudson Leal (PRB). Os parlamentares defenderam o fortalecimento da atenção à saúde mental na rede pública.

“Infelizmente muitas pessoas encontram dificuldade para obter atendimento psiquiátrico na rede pública. E essa é uma área que precisa ser fortalecida. Um dos avanços que nós tivemos nos últimos meses foi a implantação do serviço de atendimento, com internação em saúde mental, no Himaba (Hospital Estadual Infantil e Maternidade Dr. Alzir Bernardino Alves), em Vila Velha”, destacou Hércules Silveira. 

frio-parque-nacional-caparao-21-05-2024 (1)

Frio abaixo de zero e geada transformam paisagem do Parque Nacional do Caparaó

peter-costab-21-05-2024

Golpista clona número do prefeito e faz vítimas em Mimoso do Sul

arroz-20-05-2024

Procon notifica supermercados em Cachoeiro para não aumentarem o preço do arroz

sala-do-empreendedor-mei-20-05-2024

Começa a Semana do MEI em Cachoeiro. Veja como participar das capacitações gratuitas

apreensao-bebidas-PRF-20-05-2024

PRF apreende 2,1 mil litros de bebidas sem nota fiscal em Mimoso do Sul

militares-es-rio-grande-do-sul-b-20-05-2024

Governador envia mais militares para reforçar proteção de abrigos no RS

acidente-br-101-20-05-2024 - 1

Duas pessoas morrem na BR 101 no mesmo local em que 5 perderam a vida no mês passado

cruzamento-etelvina-vivacqua-linha-vermelha-nova-brasilia-zumbi-20-05-2024

Trecho da Linha Vermelha interditado por 30 dias para obras de pavimentação

Leia mais