sáb 2/março/2024 20:39
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Foto: Leonardo Duarte/Secom-ES

Selita lança pedra fundamental da futura sede e recebe licença para iniciar obras

Alessandro-29-09
Alessandro Araujo de Paula

A cooperativa de laticínios Selita realizou na manhã deste sábado (20) o lançamento da pedra fundamental da sua futura sede, na BR 101, km 410, localidade de Safra, em Cachoeiro de Itapemirim.

Na ocasião, o governo do estado realizou a entrega das licenças prévia e de instalação.

Foto: Renan Calabrez

A cerimônia marcou os 80 anos de fundação da maior cooperativa de laticínios do Estado e contou com a presença da diretoria e do governador do Estado, Paulo Hartung.

“Uma belíssima caminhada nestes 80 anos. Hoje descerramos a pedra fundamental e imediatamente entregamos as licenças necessárias para a diretoria poder iniciar as obras da nova planta industrial”, disse o governador.

O projeto da nova sede, de acordo com o presidente da cooperativa, João Marcos Machado, prevê investimento total de R$ 70 a R$ 80 milhões. Deste valor, a Selita já investiu R$ 12 milhões na aquisição do terreno e nas obras de terraplanagem.

Foto: Leonardo Duarte/Secom-ES

Segundo João Marcos, a futura sede, que será instalada em um terreno de 2 milhões de metros quadrados, vai permitir elevar a capacidade instalada de produção da empresa dos atuais 400 mil litros de leite diários para até 1 milhão de litros.

“Nosso parque industrial atual é antigo e está em um espaço apertado. Com o novo terreno, poderemos modernizar nossa estrutura, com áreas para testes de novos produtos, destinar espaço para reserva, corredor ecológico e desenvolver novos projetos”, ressaltou o presidente da cooperativa.

Com a construção da nova sede, a estrutura antiga, que está localizada em meio urbano, no bairro Campo da Leopoldina, será desativada.

Foto: Leonardo Duarte/Secom-ES

A meta do presidente da cooperativa é iniciar as atividades na futura sede no prazo de dois anos. A transferência da estrutura será progressiva e no prazo de três a três anos e meio, todo parque industrial já deverá estar no novo endereço.

Durante a cerimônia desta manhã, Paulo Hartung destacou outros dois grandes investimentos na região, a Unimed e a Multivix.

“Com esses empreendimentos novos, o eixo de Cachoeiro começa a mostrar ao Espírito Santo que esse pedaço de terra vai voltar a ser uma das locomotivas do Estado”, disse.

 

Campanha_Dengue

Espírito Santo recebe lançamento de campanha nacional contra a dengue

PM

Idoso é agredido com socos e chutes dentro de casa em Muqui

Cras_Zumbi

Começa nesta segunda programação especial para o mês da mulher em Cachoeiro

governador

Governadores discutem Gabinete de Inteligência no combate à violência

dengue

Cachoeiro realiza Dia D de combate à dengue neste sábado (2)

Acidente

Colisão entre carreta e automóvel mata uma pessoa em Cachoeiro

Primeiro_Comando

Capturado em Cachoeiro integrante de facção criminosa PCC

Dengue_olhos

Dengue: oftalmologista alerta sobre caso de estudante que quase ficou cega

Leia mais