sex 1/março/2024 08:50
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Foto: Reprodução/Internet

Sindicato afirma que professores de Cachoeiro serão beneficiados com plano de cargos

Alessandro-29-09
Alessandro Araujo de Paula

Prestes a ser concluído e entregue para votação na Câmara Municipal, o plano de carreiras, cargos e salários dos servidores municipais de Cachoeiro de Itapemirim vem gerando debates fora das portas do Palácio Bernardino Monteiro.

Na terça-feira (16), um grupo de professores foi à Câmara pedir novas audiências para debater o documento, alegando que o texto não foi adequadamente discutido com a categoria.

No entanto, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Cachoeiro de Itapemirim (Sindimunicipal), Jonathan William Moreira Correa, afirma que o plano foi amplamente discutido e que é vantajoso para os professores.

“Tivemos nove reuniões com os servidores. Há pessoas que ficam especulando, dando informações equivocadas. É um plano vantajoso para a grande maioria, inclusive para os professores”, defendeu Jonathan.

O Sindimunicipal divulgou a tabela com o subsídio do magistério, que pode ser acessada aqui

Jonathan ressalta que não é contrário ao debate, mas ressalta que o atraso na aprovação será prejudicial aos servidores que vão demorar para receber os beneficios do novo plano.

A opinião do presidente foi corroborada por um servidor que procurou o jornalista e afirmou que a maioria dos funcionários anseia pela rápida aprovação do plano e para receber as melhorias nos salários.

 

Aumento para professores

Segundo o presidente do sindicato, o plano atende a maioria dos servidores do magistério, elevando o subsídio inicial da categoria, que passará a ser de R$ 2 mil, para quem trabalha 25 horas, e R$ 3,2 mil para carga horária de 40 horas.

Ele ressalta que esse subsídio está 25,11% acima do piso nacional de R$ 1.598,58 para professores 25 horas.

Jonathan disse ainda que fez projeções nos salários e mais de 80% dos servidores teve aumento substancial. “Um professor que ganha hoje R$ 1,8 mil, na tabela vai passar a receber R$ 2,7 mil, um aumento de R$ 900. Como pode ser ruim?”, questionou.

Jonathan ressaltou que o prefeito Victor Coelho propôs um plano de carreira que não é baseado em gratificações, mas em uma tabela com crescimento salarial real. A prefeitura, explicou, vai investir R$ 2 milhões na melhoria dos vencimentos.

“O que ocorre é que até hoje, o salário na prefeitura é baixo e as compensações vão sendo dadas por meio de gratificações, o que é ruim para o servidor. No novo plano, o salário será real e com aumento para a grande maioria”, explicou.

moto_cachoeiro

GCM de Cachoeiro apreende moto clonada no bairro Vila Rica

Casteglione

PT lança Casteglione pré-candidato de Cachoeiro nesta sexta-feira

RampadoMirante_VargemAlta (1)

Aprovado projeto sobre rampa de voo livre entre Cachoeiro e Vargem Alta

2º Prêmio da Música Capixaba - crédito_Amanda Miranda (2)

3º Prêmio da Música Capixaba: inscrições só até hoje

Veraldino_Marinho

29 de fevereiro, o dia de quem comemora aniversário a cada quatro anos

PRF

PRF faz sequência de prisões e apreensões em quatro cidades do ES

Cuidados_dengue

Espírito Santo é referência para o Dia D contra dengue neste sábado (2)

Fundos_Municipais

Contribuintes destinam parte do Imposto de Renda a fundos municipais

Leia mais