O frentista foi assassinado com vários tiros (Foto: Alessandro de Paula)

Suspeito de matar frentista em Cachoeiro é preso na operação ‘Estado Presente’

Suspeito de matar frentista em Cachoeiro é preso na operação ‘Estado Presente’
O frentista foi assassinado com vários tiros no dia 15 de outubro de 2020 (Foto: Alessandro de Paula)

Na última quarta-feira (20), forças de segurança deflagraram a Operação Estado Presente, no Sul do Estado. As polícias Civil e Militar, Bombeiros e Guarda Municipal de Cachoeiro de Itapemirim, realizaram uma ação conjunta para cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão, com alvos homicidas e traficantes de drogas. Sete pessoas foram presas.

Entre os detidos, a equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cachoeiro de Itapemirim, com apoio da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF/PCERJ), prendeu um homem de 20 anos, suspeito de envolvimento no assassinato do frentista Reginaldo dos Santos Ramos, de 36 anos, ocorrido no dia 15 de outubro de 2020, no bairro Guandu, região central da cidade.

O suspeito foi preso na localidade de Nova Campinas, em Duque de Caxias (RJ), após levantamentos do Setor de Inteligência da DHPP de Cachoeiro de Itapemirim, associado às diligências de campo realizadas pela PCERJ.

Uma equipe da DHPP de Cachoeiro de Itapemirim foi até o Estado vizinho para trazer o detido para o Espírito Santo, onde prestou depoimento.

‘Estado Presente’

Foto: Divulgação/Sesp

As diligências começaram ainda pela manhã. Divididos em 16 viaturas, 41 policiais civis das Delegacias Regionais de Alegre, Cachoeiro de Itapemirim e Anchieta, e das Delegacias de Polícia de Piúma, Marataízes, Castelo e Guaçuí, chefiados pela Superintendência de Polícia Regional Sul (SPRS), deram início à operação e cumpriram nove mandados de busca e apreensão, com duas prisões por cumprimento de mandado e quatro em flagrante.

No período da tarde, a Polícia Militar realizou também cumprimento de mandado de busca e apreensão, que resultou em uma prisão em flagrante. Foram apreendidos 500 pontos de LSD, pinos com droga sintética em líquido e outras substâncias ainda desconhecidas.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, acompanhou as ações na parte da tarde e à noite, em Cachoeiro de Itapemirim, com abordagens em bairros de vulnerabilidade social e intenso tráfico de drogas, além de fiscalização a estabelecimentos comerciais. Ao todo, 50 militares participaram das abordagens e pontos de bloqueio.

A ação foi integrada e contou com participação do Corpo de Bombeiros Militar e da Guarda Municipal local. “Essa foi a primeira edição da Operação Estado Presente e esperamos robustecer cada vez mais essas ações, visando a proporcionar segurança à população e combater a criminalidade, conforme nos orienta governador Renato Casagrande. Agradeço a todos os envolvidos pela dedicação e comprometimento”, afirmou o coronel Ramalho.

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz