Foto ilustrativa: Pixabay

Tempos sombrios

Tempos sombrios

POESIA: Helder Salomão, deputado federal (PT-ES) e autor do livro “Plural”

 

A justiça não é justa,
A lei não é respeitada,
Os valores são descartáveis,
As reformas, desconstrução,
As mudanças, retrocessos.
Quase tudo é enganação.

Os holofotes são desviados,
O principal é secundário,
A ética, um mero detalhe,
Os direitos arrancados.
Condenações mesmo sem crimes,
Provas são descartadas,
O fato vira versão,
A versão vira fato.

A mídia dita a pauta,
A pauta é contra o povo,
O povo paga a conta,
Os ricos ganham as benesses.

Julgamentos são políticos,
A democracia não é respeitada,
A vida corre perigo.

Os tempos são sombrios,
A nação na bacia das almas,
A política é criminalizada,
Bandidos estão nos cargos,
Gente de bem encarcerada.

País desgovernado,
Muita gente desmotivada,
É isso que as eleites querem,
Pra manter tudo dominado.

Mas a esperança não morre,
Ela vive nos corações,
E nas mentes dos militantes,
Daqueles que constroem a paz,
E sonham com um país melhor.

Há muita desesperança,
Mas o amor é bem maior,
Vencerá a nossa luta,
Por uma nação de todos nós.

Helder Salomão, deputado federal. Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi