qua 18/maio/2022 06:43

Ufes abre 2.179 vagas para 55 cursos de graduação em todo Estado

Ufes abre 2.179 vagas para 55 cursos de graduação em todo Estado
Alessandro Araujo de Paula

A Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) abriu 2.179 vagas para 55 cursos de graduação em todo o Estado pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), cujas inscrições acontecem entre os dias 4 e 7 de junho.

Os aprovados começam o curso em agosto. Há vagas inclusive para cursos bem concorridos como medicina, direito e na área das engenharias. O link para se inscreve no Sisu está logo ao final da matéria, lembrando que as inscrições começam no dia 4 de junho.

Das vagas, 435 são para o campus de Alegre, que disponibiliza cursos de Agronomia, com 30 vagas; Ciências da computação (40), Ciências biológicas (70), Engenharia industrial madeireira (40), Farmácia (45), Física (70), Química (70) e Sistema de informação (70).

Para participar do processo seletivo do Sisu, os interessados devem ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano de 2018 e ter concluído esse nível de ensino.

Já para concorrer às vagas reservadas, o candidato deverá apresentar documentação que comprove ter cursado todo o ensino médio em instituição pública de ensino, conforme definição apresentada no edital.

Também devem apresentar outros comprovantes caso se enquadre em uma ou mais subdivisões da reserva de vagas: candidatos cuja renda familiar por membro da família seja igual ou inferior a um salário mínimo e meio; candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas; e candidatos com deficiência.

Informações sobre as exigências para concorrer em cada modalidade e os documentos de comprovação podem ser conferidos no edital regulamentador, cujo link está logo abaixo.

Já o termo de adesão, que também está logo abaixo, constam, para cada curso, a nota mínima exigida, por componente avaliado no Enem, considerado o peso, e a média mínima exigida.

A seleção e a classificação dos candidatos às vagas disponibilizadas pela Ufes por meio do Sisu serão realizadas pelo MEC, cabendo à Universidade realizar a matrícula dos candidatos.

As vagas eventualmente não ocupadas, ao fim da chamada regular, serão preenchidas mediante chamada de lista de espera.

 

%d blogueiros gostam disto: