Último dia de programação especial no museu de Jerônimo Monteiro

Último dia de programação especial no museu de Jerônimo Monteiro
Alessandro Araujo de Paula

Quem não conseguiu visitar o Museu de História Natural do Sul do Espírito Santo (Muses), em Jerônimo Monteiro, na quinta e sexta, tem ainda este sábado (27) para participar das oficinas e exposição da Semana de Ciência e Tecnologia.

O museu está com programação especial com oficinas que mostram desde a história da paleontologia, com fósseis de animais pré-históricos, até a apresentação de maquetes da exploração do ser humano ao espaço.

De acordo com o gerente do museu e curador de Paleontologia, professor Rodrigo Giesta Figueiredo, nos três dias de programação serão realizadas nove oficinas sobre vários temas. Uma delas, intitulada Quem quer ser um paleontólogo, vai simular uma escavação.

“Vamos mostrar como funciona o trabalho do paleontólogo, o profissional que procura e escava atrás de fósseis, que é o registro passado da vida no planeta, como animais e plantas fossilizadas”, explicou o professor.

Na oficina O imponente Caparaó, uma maquete em grande escala mostra a cadeia em volta do Pico da Bandeira. Outro momento interessante é a oficina Exploração espacial, com uma visita ao espaço e corpos celestes por meio da realidade virtual.

A professora Isabella Vilhena Freire Martins ressaltou que o público poderá ainda conhecer o acervo do Muses, como pegadas fossilizadas do pterossauro, e réplicas de fósseis, como da ave do terror, um animal que media dois metros de altura e viveu no Brasil há 23 milhões.

O acervo ainda possui o meteorito que caiu em Guaçuí, outros minerais como ouro e prata, plantas, sementes e diversos animais taxidermizados (empalhados), como pingüim, capivara, aves, répteis, insetos e animais peçonhentos.

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias