Vídeo mostra momento que órgãos de homem baleado são levados para transplante

Vídeo mostra momento que órgãos de homem baleado são levados para transplante
Vídeo mostra momento que órgãos de homem baleado são levados para transplante
Redação Dia a Dia

A família de Marone Lopes Bicalho, 41 anos, que foi baleado em um bar no último dia 29 e teve morte cerebral declarada em boletim oficial da Santa Casa de Cachoeiro nesta terça-feira (02), autorizou a doação de órgãos.

A cirurgia de captação foi feita na Santa Casa na tarde desta quarta-feira (3). Serão reaproveitados os rins, as córneas e o fígado, que beneficiarão cinco pacientes que esperam na fila de transplante.

O filho de Marone, Matheus Cardoso Bicalho, disse que a perda do pai é um momento de muita dor para a família e os amigos. Ele contou que em vida, Marone já era doador de sangue porque gostava de ajudar o próximo.

“E foi isso que ele fez agora. Mesmo partindo, meu pai vai ajudar cinco vidas, cinco famílias que vão ter a esperança renovada. Temos certeza que era isso que ele queria. Meu pai encerra a carreira dele na terra de forma fenomenal e espetacular”, disse.

A equipe que fez a captação de órgãos é de Vitória e chegou ao hospital nesta quarta-feira. Após a cirurgia, os órgãos foram transportados de helicóptero.

O fígado será encaminhado para um paciente do Rio de Janeiro. As córneas serão doadas para pacientes do Espírito Santo e os rins ainda não foi definido.

“Sabemos que é um momento muito difícil para a família e sabemos que tomar essa decisão é um gesto muito nobre. A Santa Casa agradece aos parentes por permitir que outras pessoas tenham esperança de uma vida melhor”, disse a enfermeira da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos Para Transplante (CIHDOTT), Beatriz Colodette.

A hora e local do velório e enterro ainda não foram divulgados.

 

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias