qua 18/maio/2022 05:51

Amigos da família de Kevinn fazem protesto sábado no centro de Cachoeiro

Amigos da família de Kevinn fazem protesto sábado no centro de Cachoeiro
Redação Dia a Dia

Uma amiga da família do adolescente Kevinn Belo Tomé da Silva, de 16 anos, morto da porta do Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba) no dia 30 de maio, publicou vídeo nas redes sociais na tarde desta quarta-feira cpnvocando para um protesto no próximo sábado (7), na Praça Jerônimo Monteiro, às 8h.

Segundo ela o encontro é para pedir justiça pela morte do Kevinn no dia em que completam sete dias da morte dele. “Quantos Kevinns precisam morrer para que seja feita alguma coisa? Sempre fui uma pessoa de muitos porques. E precisamos de uma resposta. Este protesto é para mostrar a indignação dos amigos do futebol, do bairro Amaral, da escola, da família, e até dos desconhecidos que se sensibilizaram com essa perda”, diz Roseane em seu desabafo.

“São muitas perguntas a serem feitas, muita revolta pelas leis da saúde”, disse ela nas imagens, que atribui a morte do menino a uma  covardia e diz que isso não vai ficar impune.

O terapeuta Kobert Belo, tio de Kevinn, contou que o sobrinho o considerava um pai. As suas lembranças remetem a um garoto alegre e alto astral.

Segundo ele, Kevinn era um menino que contagiava as outras pessoas com seu coração bondoso, amoroso e muito cordial.

“Vai ser uma manifestação parada, pacífica. Quem está organizando é uma amiga da família e alguns amigos dela. Eles, então, nos pediram permissão e nós permitimos. Parte de nossa família vai participar”.

 

 

Kobert relatou ainda que Kevinn caminhava para ser profissionalizar no futebol, seu esporte preferido. “Já era capitão do time”. Junto com isso, ele afirmou que o adolescente era um jovem saudável e que passou mal do nada.

O tio destacou ainda que uma de suas irmãs esteve no Pronto Atendimento Paulo Pereira Gomes, onde o adolescente recebeu os primeiros atendimentos, para buscar os prontuários médicos.

Depois de confirmarem a morte garoto, a família e registrou ocorrência contra o Himaba por negligência na 1ª Delegacia Regional de Vitória no sábado, dia em que o garoto morreu.

%d blogueiros gostam disto: